Baile a/à fantasia

Discussion in 'Português (Portuguese)' started by andlima, Oct 27, 2008.

  1. andlima

    andlima Senior Member

    Rio de Janeiro, Brazil
    Portuguese (Brazil)
    Qual o correto: "baile a fantasia" ou "baile à fantasia"? Por quê? Será que existe diferença entre o português brasileiro e o europeu quanto a isso?
     
  2. Vanda

    Vanda Moderesa de Beagá

    Belo Horizonte, BRASIL
    Português/ Brasil
    Tentei achar um exemplo no masculino para ver se aplicaria ao e, aí sim, teria que ser à, mas ainda não consegui pensar em nada. Mesmo porque estou falando em outras janelas...
    Baile a la carte / baile a vinho/ baile a fantasia... hmmmm.... Preciso de tempo para olhar a gramática!

    Pronto, achei!À fantasia. Veja aqui:
     
    Last edited: Oct 27, 2008
  3. Outsider Senior Member

    Portuguese (Portugal)
    Curioso. Lembro-me distintamente de ter visto escrito "baile a fantasia" em textos brasileiros. (Em Portugal não se usa esta expressão.)
     
  4. andlima

    andlima Senior Member

    Rio de Janeiro, Brazil
    Portuguese (Brazil)
    Sei que em Portugal existe diferença nítida entre "a" e "à" na pronúncia, de modo que não haveria motivo para confusão. A minha namorada, uma portuguesa quase brasileira, jura de pé junto que o certo é "à fantasia". A mim parece estranho. Acho que só tem a preposição, não tem o artigo.

    Vejam essa ocorrência na entrada "baile" do Houaiss:
    Locuções
    b. a fantasia
    baile a que os participantes devem comparecer vestindo fantasia
    E também os links:
    http://www.sualingua.com.br/11/11_baile.htm
    http://newsite.ciberduvidas.pt/pergunta.php?id=8766

    O que acham?
     
  5. Alentugano

    Alentugano Senior Member

    Português - Portugal
    Na minha opinião acho que o correto seria baile a fantasia, é desta forma que costuma aparecer em textos brasileiros que tenho lido. No entanto, e como bem referiu Outsider, essa não é uma expressão comum em Portugal. Diríamos Baile de máscaras ou algo do tipo.
    Penso que este caso se assemelha ao famoso a distância/à distância, em que o primeiro costuma ser considerado o mais correto, ainda que isto possa não ser consensual.
     

Share This Page