banheiro (pessoa) PtE

Discussion in 'Português (Portuguese)' started by reka39, Jan 4, 2012.

  1. reka39 Senior Member

    Italian
    Hello! According to the dictionary, 'banheiro' has got several meanings: http://www.infopedia.pt/lingua-portuguesa/banheiro
    I'm pretty sure that Portugueses do not use meanings 5) [I have just heard 'banheira'] and 6). But I'm not so sure if its usage with meaning 2) is contemplated (just out of curiosity, in Italian we call 'bagnino' someone defined by 2)
    Moreover, what do they mean with 4)? Thanks!!!
     
  2. Istriano

    Istriano Senior Member

    -
    4) me parece balneoterapista
     
  3. Carfer

    Carfer Senior Member

    Paris, France
    Portuguese - Portugal
    'Banheira' is the bathtub.
     
  4. reka39 Senior Member

    Italian
    Yes, I know that 'banheira' is bathtub. On the other hand I have never heard the 'tina, banheira' being called 'banheiro' in Pt (ad in point 5). Anyway, my main question is if 'banheiro' is also a profession in Pt or is more a Brazilian word. Thanks!
     
  5. Carfer

    Carfer Senior Member

    Paris, France
    Portuguese - Portugal
     
  6. reka39 Senior Member

    Italian
    Thank you very much!
     
  7. marta12 Senior Member

    Portugal
    português
    Tina, ainda nos anos 70, era muito usado nas aldeias de Portugal, porque quase ninguém tinha banheira.
     
  8. reka39 Senior Member

    Italian
    Helllo! Do you have other words to define a 'estabelecimento balnear'? Thanks!
     
  9. Carfer

    Carfer Senior Member

    Paris, France
    Portuguese - Portugal
    Como termo genérico, não me ocorre nenhum. Dependendo da tipologia do estabelecimento, podemos dizer 'termas', 'spa', etc. (sinceramente, também não sei bem o que incluir no etc.). 'Estabelecimento balnear' é uma expressão muito formal que se encontra em documentos legais mas que tem pouco uso na linguagem corrente. Nesse sentido formal e porque a maioria desses estabelecimentos exploram espaços do domínio público ou municipal, aparece frequentemente associada a 'concessão balnear', mas em rigor não são sinónimos perfeitos já que 'estabelecimento balnear' se refere à empresa e à sua componente física (estruturas, edifícios, etc), enquanto 'concessão balnear' se refere ao regime de exploração por autorização do ente público titular do domínio. No entanto não é infrequente ver anúncios do género: 'Vende-se concessão balnear', o que normalmente implica que se pretende vender o estabelecimento físico com a respectivoa licença.
     
  10. reka39 Senior Member

    Italian
    Thanks! So, what do you commonly say when you go to the beach to denote a 'estabelecimento balnear'?
     
  11. Carfer

    Carfer Senior Member

    Paris, France
    Portuguese - Portugal
  12. reka39 Senior Member

    Italian
    Muito obrigada pelo texto! De qualquer maneira, quando uma pessoa disser 'ir a banhos', não se refere ao estabelecimento balnear? Alem disso, no texto falam de 'barracas' e de 'toldos'. Qual é a differença entre eles?
     
  13. marta12 Senior Member

    Portugal
    português
  14. Carfer

    Carfer Senior Member

    Paris, France
    Portuguese - Portugal
    A marta já respondeu, mas 'ir a banhos' é uma expressão, hoje caída em desuso, que era comum nos fins do século XIX e inícios do XX. Actualmente dizemos 'ir à praia'. 'Ir a banhos' significa, pois, passar um tempo em vilegiatura, em praia ou termas. Se se tratar de termas, que normalmente só têm um estabelecimento termal que os utentes têm necessariamente que utilizar, pode haver alguma ligação entre uma expressão e outra. Se disser 'Vou a banhos às Caldas' estou implicitamente a dizer que vou frequentar o respectivo estabelecimento termal. No caso da praia não, até porque muitas praias têm mais de um banheiro e, de qualquer forma, a maioria das pessoas usa as praias sem recorrer aos seus serviços, que são pagos. Se disser 'Vou à praia da Costa' não me refiro a nenhum estabelecimento em particular. Há lá muitos, cujos nomes muita gente até desconhece, e também há grandes extensões de areal não concessionadas.
    De algum modo percebo as suas dúvidas. Não sei se os outros portuguese partilham comigo esta dúvida quanto ao 'banheiro', mas, realmente, nós não costumamos referir-nos muito a essa entidade. Eles estão lá, às vezes até recorremos a eles, mas não recorremos frequentemente ao termo que os designa. Até fico com a sensação de que 'banheiro' é um termo antigo, que hoje se usará pouco mas que não foi substituído por outro. Repare que o texto que lhe enviei, que trata duma realidade sociológica antiga mas que é actual e usa linguagem actual, parece evitar dar nome ao estabelecimento balnear.
    Os links da marta não parecem estar a funcionar, por isso acrescento que 'barracas' são as tendas (fechadas) e os 'toldos' as coberturas de lona esticadas entre dois postes para darem sombra.
     
  15. marta12 Senior Member

    Portugal
    português
    Pois não:confused:
    Não sei o que aconteceu. As minhas desculpas.
     
  16. marta12 Senior Member

    Portugal
    português
    Se calhar sou antiga, mas continuo a usar o termo 'banheiro' quando me quero referir às pessoas que montam, ou a quem pagamos, os toldos e as barracas.
     
  17. Carfer

    Carfer Senior Member

    Paris, France
    Portuguese - Portugal
    Sim, claro, se nos referirmos às pessoas. Mas e ao estabelecimento? (da mesma forma que ao estabelecimento comercial que nos vende a fruta chamamos frutaria, ao que nos corta o cabelo, barbeiro ou cabeleireiro, e por aí adiante, o que chamamos habitualmente ao estabelecimento balnear?)

    Posso estar enganado, mas julgo que o facto de ter evoluído muito a forma como os estabelecimentos balneares são explorados contribuiu para a indefinição da terminologia. Antigamente, quando o banheiro se limitava a alugar barracas e toldos, a levar os meninos a dar um mergulho e a tirar de apuros algum banhista mais afoito ou incompetente, não havia lugar para dúvidas: era 'o banheiro'. Era um pouco como os estabelecimentos individuais de responsabilidade limitada de hoje, em que o estabelecimento e a pessoa se confundem e nunca sabemos bem como distinguir nem onde começa a pessoa colectiva e acaba a pessoa física (ou vice-versa), nem, na prática, nos interessa muito saber. Mas, nos tempos que correm, o serviço do antigo banheiro é prestado por empresas que além dos tradicionais toldos e chapéus, têm um estabelecimento formado por restaurantes, bares e boates na praia, que alugam barcos e fornecem os chuveiros e os sanitários e que, além do banheiro que aluga os chapéus-de-sol, tem ao seu serviço uma quantidade de nadadores-salvadores que não se confundem com ele. O que é que chamamos a esse estabelecimento? Pela minha experiência, acho que nada de específico. Eu quando preciso deles digo: 'Vou ali ao bar' ou coisa semelhante. É por isso que não soube muito bem o que responder à reka e me fiquei pelo clássico 'banheiro'.
     
  18. marta12 Senior Member

    Portugal
    português
    Quando quero referir-me a essas empresas chamo-lhes 'concessionárias das praias'. Não sei se é correcto, mas é assim que lhes chamo.

    "esta concessionária (da praia) tem melhor serviço do que a da outra praia, ou do que a praia qualquer coisa".
     
  19. reka39 Senior Member

    Italian
    With reference to this reply I would like to ask - what is the difference between the 'current' banheiro and the nadador-salvador? Thanks.
     
  20. Carfer

    Carfer Senior Member

    Paris, France
    Portuguese - Portugal
    O 'banheiro' é o proprietário do estabelecimento de banhos, o que a marta chamou 'concessionária' porque explora uma área da praia em regime de concessão. O 'nadador-salvador' é o vigilante que se incumbe da segurança dos banhistas (aqueles sujeitos tisnados do sol que passam o tempo empoleirados numas torres de vigia e que eram os heróis daquela série de Tv que não me recordo como se chamava e que era protagonizada por uma senhora bem aviada de peito:)). São empregados dos tais estabelecimentos.
     
  21. xiskxisk Senior Member

    Lisbon - Portugal
    Portuguese - Portugal
    Para mim banheiro apenas quer dizer que a pessoa está a dizer casa-de-banho em Português Brasileiro.

    Quanto ao estabelecimento que aluga os toldos na praia, é comum chamar-se-lhe concessionária.

    Edit: já vi que referiram isso na última resposta, não tinha actualizado a página.
     
  22. Guigo

    Guigo Senior Member

    Rio de Janeiro
    Português (Brasil)
    Gostei do 'aviada de peito', apesar de saber que o verbo aviar não encontra, por similaridade com determinada pornografia, uma boa recepção, cá no Brasil; exceto para a expressão 'aviar uma receita', esta de uso corrente.

    Para efeitos de registro, creio que, em quase todo o Brasil, temos:
    - salva-vidas = nadador-salvador
    - banheira = bathtub
    - banheiro = toalete geralmente com chuveiro ou ducha (em residências); aplica-se também aos banheiros públicos e toaletes de restaurantes e escritórios
    - banho (s) = no singular, o ato de banhar-se; no plural, lugar público onde as pessoas tomavam banhos (geralmente pagos)
    - barraca, guarda-sol = o toldo dos nossos amigos portugueses
    - barraca, tenda = a barraca dos portugueses

    Não há, no Brasil, a exploração comercial de uma área de praia, como em outros países: toda e qualquer praia (faixa de areia) é pública, mesmo as situadas em ilhas particulares (lembro do Dr. Ivo Pitanguy liberando a faixa de areia de sua ilha para excursionistas, que entretanto só podiam ficar na referida faixa). Claro que há poderosos que fecham certas faixas de areia e fica por isso mesmo: ninguém entra! Há também exceções para áreas sob jurisdição militar e de proteção ambiental.
     
    Last edited: Dec 6, 2014
  23. patriota Senior Member

    São Paulo
    Português - Brasil
    Guigo, colocou que banheiros têm chuveiros ou duchas. E os sanitários de estabelecimentos e instituições? Os cariocas nunca os chamam de banheiros? E os banheiros públicos das cidades?
     
  24. Guigo

    Guigo Senior Member

    Rio de Janeiro
    Português (Brasil)
    Tá certo! Em restaurantes, são chamados de banheiros, mas posso garantir que até os anos 70/80, eram chamados apenas de toaletes.

    Penso que o termo 'banheiro', mesmo sem chuveiros, deve ter sido adaptado dos 'banheiros públicos', que outrora tinham duchas e chuveiros. Vou tentar melhorar a listinha acima.
     
    Last edited: Dec 6, 2014
  25. Carfer

    Carfer Senior Member

    Paris, France
    Portuguese - Portugal
    Não fazia ideia dessa conotação do verbo 'aviar'. Em Portugal também já não se usa muito, mas há muitos anos, quando o comércio de artigos essenciais, em vez das grandes superfícies, era assegurado por pequenos lojistas que empacotavam os produtos na presença do cliente, 'aviar' propiciava este tipo de trocadilhos. Um produto 'bem aviado' era aquele que era 'bem preparado', 'bem fornecido' (nunca percebi porque é que se pedia 'um kg de xx bem aviado', afinal um kg é um kg, mas talvez os comerciantes tivessem por hábito aligeirar um tanto o peso daquilo que entregavam ao cliente, daí a necessidade de este deixar bem claro que não se deixava enganar). Não admira, pois, que de uma senhora bem dotada de algum atributo físico se pudesse dizer que era 'bem aviada de...'.
    'Banheiro' é também um termo cada vez menos usado, se bem que ainda presente na minha geração ou na da marta.
     
  26. marta12 Senior Member

    Portugal
    português
    Não, não, Carfer
    Tanto quanto me lembro e lembro-me bem, um Kg bem aviado era sempre mais um pouco de que um Kg, nem que fosse mais uns 20gr.
    Eu, a partir dos 10 anos, acompava muitas vezes as cozinheiras nas suas com+pras diárias.
     

Share This Page