1. The WordReference Forums have moved to new forum software. (Details)

Cheque protestado

Discussion in 'Português-Español' started by Moixe, Jun 29, 2007.

  1. Moixe

    Moixe Senior Member

    Santiago, Chile
    Spanish, Chile
    Para um cheque protestado (Sem fundos, ou por forma, ou qualquer outra razão) De diz do mesmo jeito em espanhol e português???
     
  2. Vanda

    Vanda Moderesa de Beagá

    Belo Horizonte, BRASIL
    Português/ Brasil
    Em espanhol, não sei como dizer. Vou deixar a explicação para que, aqueles que não sabem o que é um cheque protestado, possam dar uma ajuda.

    O cheque é protestado quando não tem fundos(não tem dinheiro na conta da pessoa que emitiu/deu o cheque) e a pessoa prejudicada toma a atitude descrita abaixo: Para protestar um cheque
     
  3. Tomby

    Tomby Senior Member

    Along the Via Augusta
    Spanish/Catalan
    Em Espanha diria que não existe "cheque protestado" mas sim "cheque sin fondos".
    Por outra parte existe a "letra protestada", quer dizer que se no dia do vencimento não há suficiente dinheiro na conta, a letra vai para o cartório do tabelião, o que acrescenta as despesas da letra (capital a dever mais despesas).
    O cheque sem fundos é devolvido ao possuidor sem mais trâmites. Seja como for, os possuidores de um cheque sem fundos e os emissores de uma letra "protestada" [que ha ido al protesto] sempre podem demandar judicialmente aos devedores, mas em Espanha a justiça trabalha muito devagar.
    Nesta altura assinam-se pouquíssimas letras e ninguém aceita cheques nas lojas. É normal ver cartazes que dizem "¡NO SE ACEPTAN CHEQUES!".
    O cartão de crédito está na moda.
    TT.
     
  4. Alexa_2k New Member

    Argentina, spanish
    Na Argentina se fala "cheque rechazado" (rechazado = "rejeitado", quer dizer que o banco não aceita pagar pelo valor do cheque por causa de não ter fundos ou ter erros na sua confecção)
     
  5. Carfer

    Carfer Senior Member

    Paris, France
    Portuguese - Portugal
    Em Portugal também não se diz 'cheque protestado' mas sim 'cheque sem cobertura' ou 'cheque sem provisão'.
     
  6. WhoSoyEu

    WhoSoyEu Senior Member

    Rio de Janeiro
    Español Latam, Português Br
    Há uma diferença entre "cheque sem fundos" e "cheque protestado". O primeiro, é igual ao espanhol "cheque sin fondos" ou ao português 'cheque sem provisão'.

    Mas após essa etapa, o recebedor do cheque pode protestar o cheque, sem outro suporte legal que não seja o próprio cheque (que, para todos os efeitos legais, é um título) com a chancela de "sem fundos" do banco.
     
  7. Carfer

    Carfer Senior Member

    Paris, France
    Portuguese - Portugal
    De acordo, mas sucede que em Portugal, tal como em Espanha, o cheque sem provisão não necessita de ser protestado. A simples declaração aposta pelo banco no verso do cheque de que não tem provisão basta para conferir ao seu beneficiário direito à acção penal (a emissão de cheque sem cobertura é crime) ou à acção cível. Resulta daí que o que há de mais próximo do vosso 'cheque protestado' em Espanha é o 'cheque sin fondos' e em Portugal o 'cheque sem provisão', popularmente dito 'cheque careca'. Mas fez bem em chamar a atenção, porque, na realidade, seria mais correcto dizer que não há equivalência exacta, pelo menos nestes dois países, o que suscita, evidentemente, um problema de tradução.
     
  8. vf2000

    vf2000 Senior Member

    GRAN CANARIA
    Brasil, Português
    Há outros motivos para protestar um cheque além da falta de fundos.
    O banco pode se recusar a pagar por algum erro no preenchimento, por um bloqueio da justiça (embora haja fundos), por uma conta já ter sido encerrada, por haver passado o prazo para o saque e outros muitos motivos mais. Vejam aqui
    Em alguns casos a pessoa que recebeu tem direito a sacar o valor e poderá protestar.

    Conclusão, um cheque protestado não é o mesmo que um cheque sem fundos, ou seja, é um pouco mais difícil encontrar uma equivalência em outro idioma.

    AXÉ
     
  9. WhoSoyEu

    WhoSoyEu Senior Member

    Rio de Janeiro
    Español Latam, Português Br
    VF2000:
    Tem razão, existem outros motivos para protestar um cheque. Como a principal razão é a falta de fundos, acabamos confundindo uma coisa com outra.

    Carfer:
    Eu estava me referindo à situação brasileira, mas você tem razão, um cheque sem fundos não necessariamente é protestado. O recebedor tem a opção de tentar negociar amigavelmente o recebimento do valor do cheque.

    E, como curiosidade, temos alguns apelidos interessantes para os cheques sem fundo: "borrachão" (bate no banco e volta); "voador" (está sempre voando de uma pessoa a outra e nunca aterrisa no Banco); "cheque-caubói" (se não sacar rápido, dança); "cheque-boi" (quando o caixa do banco recebe e fala huuummmmmmm); "cheque-procissão" (dá uma volta na praça e volta); "bom filho" (à casa torna); "cheque bumerangue" (retorna a quem o lançou); "cheque-peixe" (chega ao banco e ... nada); "cheque-boemia" (aqui me tens de regresso).
     
  10. Mangato

    Mangato Senior Member

    En Vigo España
    SPAIN (Galicia)
    Na Espanha, que eu saiba os cheques sem fundos não se protestam. Estam contemplados como delitos de estafa, e cumpre denuncia-los no julgado no prazo de 15 dias. O que acontece é que então dificilmente vai cobrar.
    O que sim se protesta é o pagaré. Semelhante ao cheque com compromiso de pago a uma data prefixada.
    O protesto é o levantamento de uma ata notarial pelo fato, necessária para proceder legalmente contra o moroso.
     
    Last edited: May 6, 2010
  11. Carfer

    Carfer Senior Member

    Paris, France
    Portuguese - Portugal
    Esta intervenção do Mangato chamou-me a atenção para a forma dúbia como se referi ao protesto de cheques em Portugal. Quando dizia que não era necessário o protesto, o que deveria ter dito é que não existe. Para que fique claro, cá os cheques não se protestam, tal como em Espanha. O beneficiário do cheque ou age criminalmente contra o sacador (na condição de o cheque ter sido apresentado a pagamento na Câmara de Compensação nos oito dias posteriores à emissão) ou resta-lhe a acção cível.
    No que directamente nos interessa, porém, entendo que terá de se dar uma explicação ao traduzir para Espanha ou outros países onde não haja protesto de cheques. Até mesmo num texto destinado a Portugal, onde o problema da tradução não se põe, essa explicação seria útil.
     
  12. Billie Ro Senior Member

    Spanish (Spain)
    ¿Y, en Brasil, dónde reside la diferencia entre un "título protestado" y un "cheque sem fundo"? ¿No son la misma cosa? Saludos y gracias.
     
  13. Vanda

    Vanda Moderesa de Beagá

    Belo Horizonte, BRASIL
    Português/ Brasil
    São diferentes: o cheque é um cheque :p, e um título é um tipo de fatura.
     
  14. Billie Ro Senior Member

    Spanish (Spain)
    ¿"Factura reclamada"? ¿"Factura sin cobrar"?
     
  15. WhoSoyEu

    WhoSoyEu Senior Member

    Rio de Janeiro
    Español Latam, Português Br
    Un "título" es un "pagaré". En Brasil un cheque tiene la misma provisión legal de un pagaré.
     

Share This Page