1. The WordReference Forums have moved to new forum software. (Details)

Colocação pronominal numa oração relativa com tempo composto

Discussion in 'Português (Portuguese)' started by gvergara, Jan 13, 2012.

  1. gvergara

    gvergara Senior Member

    Santiago, Chile
    Español
    Oi:

    Última pergunta do dia... Até onde eu sei, nos tempos compostos o pronome se coloca entre o verbo auxiliar e o verbo principal (Ela tinha-o dito muitas vezes antes) Mas quantas possibilidades tem no caso das orações de relativo? Uma o duas? Desde já obirgado

    Ela fazia intrigas a respeito do homem que a tinha ofendido.
    Ela fazia intrigas a respeito do homem que tinha-a ofendido.
     
  2. englishmania

    englishmania Senior Member

    Portugal
    European Portuguese
     
  3. SãoEnrique

    SãoEnrique Senior Member

    French France
    A primeira está correta porque o "que" é um atrator, traz o "a" antes do "tinha ofendido" ?:confused:
     
  4. Ariel Knightly

    Ariel Knightly Senior Member

    Rio de Janeiro
    Brazilian Portuguese
    Parece que sim. Na norma do dialeto europeu, em geral usa-se a ênclise até que um atrator apareça para tornar isso impossível. Já na norma objetiva do Brasil, a ordem não-marcada é quase sempre a próclise, salvo alguns casos específicos em que a ênclise se faz mais provável ou necessária. Contudo, tenha em mente que o padrão europeu ainda é o que predomina nas gramáticas normativas brasileiras.

    De qualquer forma, peguei nO Globo alguns exemplos reais do uso do clítico na escrita padrão brasileira:

    . O arquiteto fala com os animais e eles o obedecem.
    . ... que a nuvem percorreu mais de 4 mil quilômetros em 24 horas e fortes ventos a tinham conduzido em direção ao sudeste da Austrália, ...
    . Mesmo magoada com o namorado por tê-la* abandonado, Fafá resolve ajudá-lo e desenterra o disco do esconderijo onde o irmão o tinha colocado.

    *As formas nominais do verbo tendem a favorecer a ênclise na escrita padrão brasileira.
     
  5. englishmania

    englishmania Senior Member

    Portugal
    European Portuguese
    Aqui o problema nem é a ordem, mas o pronome utilizado. Deveria ser lhe(complemento indirecto): obedecem-lhe.
     
  6. Ariel Knightly

    Ariel Knightly Senior Member

    Rio de Janeiro
    Brazilian Portuguese
    Se você entender obedecer como transitivo indireto, sim. Mas certamente o jornalista em questão entende esse verbo como transitivo direto, por isso o em vez de lhe. Mas concordo com você, esse uso talvez já desvie um pouco do padrão escrito.
     
  7. Ariel Knightly

    Ariel Knightly Senior Member

    Rio de Janeiro
    Brazilian Portuguese
    Falando nisso, a Vanda acabou de me mandar um texto interessantíssimo falando sobre esse assunto.
     

Share This Page