1. The WordReference Forums have moved to new forum software. (Details)

Comprido ou longo com o tempo e hora

Discussion in 'Português-Español' started by languagemaster, May 18, 2007.

  1. languagemaster Senior Member

    Canada, English
    quero saber o que é melhor....
    depois de 3 longos meses ou depois de tres compridos meses.

    Quero saber se se pode usar comprido para com un tempo
    Obrigado.
     
  2. MOC Senior Member

    Portugal
    Portuguese
    Usar longos é extremamente mais usual pelo menos por aqui, no entanto isso não quer dizer que nunca tenha ouvido comprido, por exemplo em "foi um dia comprido". No entanto mesmo neste caso é mais comum ouvir "foi um dia longo".
     
  3. Vanda

    Vanda Moderesa de Beagá

    Belo Horizonte, BRASIL
    Português/ Brasil
    Bem-vindo Languagemaster, :)

    O mais comum é: depois de 3 longos meses...
    Dizemos, por exemplo: foi um dia comprido ontem. Encontra-se também hora comprida como força de expressão dum tempo que parece não passar. Vai depender muito do tipo de contexto em que se pretende usar a expressão.
     
  4. languagemaster Senior Member

    Canada, English
    Entao, é melhor dizer hoje é um dia comprido ou longo...
    ?
     
  5. souquemsabess Junior Member

    Portugal
    Portuguese /spanish

    Digamos que o termo "longo" é temporal... o termo "comprido" é mais métrico:)
     
  6. Vanda

    Vanda Moderesa de Beagá

    Belo Horizonte, BRASIL
    Português/ Brasil
    Não para nós. Gostamos de enfeitar um pouco e ampliar as expressões:
     
  7. Outsider Senior Member

    Portuguese (Portugal)
    Mas falando de meses dificilmente se dirá "comprido" em Portugal.

    A ideia básica é que se usa "comprido" para o espaço e "longo" para o tempo. Uma vez por outra, usa-se o termo espacial como metáfora para o termo temporal. ;)
     
  8. Vanda

    Vanda Moderesa de Beagá

    Belo Horizonte, BRASIL
    Português/ Brasil
    Ah, nós sempre temos meses compridos. E não são somente os meses de janeiro e agosto, são todos os meses. O salário acaba e o mês fica compriiiiido.



    Este português também acha janeiro um mês comprido. Lá em baixo da página, sob o título: Ano Novo Feliz!?
     
  9. Outsider Senior Member

    Portuguese (Portugal)
    Tem razão, e perante isso devo reconsiderar as minhas palavras. Vou-me só arriscar a dizer que usar "longo" com intervalos de tempo corresponde normalmente a um registo mais elevado que "comprido". Concordam?...
     
  10. Tomby

    Tomby Senior Member

    Along the Via Augusta
    Spanish/Catalan
    Boa pergunta! :tick: Excelentes respostas! :tick:
    Eu sempre tive dúvidas sobre o emprego de "longo" e "comprido". Vocês ajudaram-me muito com as respostas.
    Lembro-me de frases, tais como "nosso amigo de longa data" (muito repetida nos programas da rádio), "camisa de mangas compridas", "medidas de comprimento", etc., mas não sabia a relação de "longo" com temporalidade e "comprido" com longitude.
    Obrigado! :)
     
  11. souquemsabess Junior Member

    Portugal
    Portuguese /spanish
    Ah, esta língua portuguesa!!!

    - "percorri uma longa distância até chegar ao destino pretendido"


    E esta, hein?
     
  12. Outsider Senior Member

    Portuguese (Portugal)
    Pois, normalmente não se diz "distância comprida"... :eek:
    Desisto! :D
     
  13. Vanda

    Vanda Moderesa de Beagá

    Belo Horizonte, BRASIL
    Português/ Brasil
    Então, SQS, aí está a riqueza da nossa língua! ;)Adoro a possibilidade que ela nos dá de usar as palavras do jeito que quisermos; inventando novas expressões, invertendo significados, colorindo as expressões já existentes e estendendo-as para caber em novos contextos... Não é rica?!:cool:
     
  14. souquemsabess Junior Member

    Portugal
    Portuguese /spanish
    Pois é por esta e poir muitas outras razões que acho a língua portuguesa muito, mas muito rica! Uma língua que tem mais excepções à regra do que a própria regra em si, só pode ser uma língua riquíssima!


    Um bom fim-de-semana!
     
  15. Tomby

    Tomby Senior Member

    Along the Via Augusta
    Spanish/Catalan
    :confused:
    Hoje vou a jantar uma "omeleta com aspirinas" porque como medicamento antiplaquetário, reduz o risco de pré-eclampsia, segundo um estudo efectuado por especialistas do Reino Unido e da Austrália. :D
    Boa noite! :)
     
  16. Ivaldo Junior Member

    São Paulo - Brasil
    Brasil - Português

    Não desista Outsider, realmente dizer "distância comprida" em português seria uma insensatez, podemos sim dizer "uma longa distância" ou uma "comprida estrada" creio que também "uma estrada longa" não soaria mal.

    paz y luz

    "eu não tiro sombra de buracos" João de Guimaraens Rosa -
    em Grandes Sertões, Veredas
     
  17. uchi.m

    uchi.m Senior Member

    Redeeming limbo
    Brazil, Portuguese
    Talvez eu esteja falando besteira, mas eu acho que se usa comprido quando você vê ou percebe o ponto inicial e o ponto final de algo (em Matemática é análogo a observar um segmento de reta), enquanto que longo é para quando você só consegue compreender ou o início, ou o fim de um intervalo (análogo a realizar uma semi-reta).

    Exemplos:

    Este mês está comprido --> percebo, tenho a cognição de todos os momentos desde o início até o momento atual deste mês

    Este mês foi longo --> percebo que o mês teve uma certa duração, mas isso não implica dizer que percebi todos os momentos instantâneos do mês

    Esta calça é comprida --> percebo o ponto inicial e o ponto final da calça e vejo que a distância não é pequena

    Esta saia é longa --> percebo o ponto inicial e não o final, ou vice-versa, que me dá a idéia de algo bastante extenso

    Esta saia é comprida --> dá a idéia de ser menos longilínea do que uma saia longa, pois percebo ambos, os pontos inicial e final da saia

    Um amigo de longa data --> a data está tão distante do agora que não percebo mais o seu marco

    Um amigo de comprida data:cross: --> datas não têm comprimento, ou melhor, pontos inicial e final
     
    Last edited: Aug 5, 2008
  18. Naticruz

    Naticruz Senior Member

    Lisboa
    Portugal - Português
    Pessoalmente também conecto a palavra longo a algo que para mim foi difícil de passar: que nunca mais lhe via o fim.


    Assim, um dia longo é um dia que foi difícil para mim; um dia comprido é aquele que me rendeu bastante em que fiz muitas coisas, sem sacrifício.

    Uma estrada longa, para mim (e isto não tem nada a ver com a minha opinião, mas sim com o meu sentir) é aquela cuja caminhada me vai ser difícil, por qualquer razão. Normalmente, referindo-me a ela depois de a ter percorrido, também a posso rotular, com um suspiro de alivio, de interminável.

    O que pretendo dizer é que o emprego destas duas palavras, em certas circunstâncias, pode ser meramente subjectivo.

    Concordo com tudo quanto foi dito pelos companheiros do foro, sendo minha intenção apenas destacar também a subjectividade da palavra longo.


    Cumprimentos

    Só agora li o post de Uchi.m e tenho sobre ele algumas reservas
     
    Last edited: Aug 5, 2008

Share This Page