Conjuntivo Pretérito Imperfeito

Discussion in 'Português (Portuguese)' started by SãoEnrique, Mar 31, 2012.

  1. SãoEnrique

    SãoEnrique Senior Member

    French France
    Oi pessoal,

    Vocês poderiam me dizer quando usar o Conjuntivo Pretérito Imperfeito por favor? Sei que ele se usa muito com a palavra "se" mas às vezes vejo a palavra "que" e sem o "se" antes.:confused:
    Dizemos muitas vezes, por exemplo: "Se eu fosse rico teria comprado uma ferrari". Agora ponho um exemplo que encontrei no WR, está abaixo.

    "Que a Maria estivesse fazendo outra coisa..."

    Por que nesta frase se usa o Conjuntivo Pretérito Imperfeito no lugar de "Que a Maria estava fazendo outra coisa..."??

    Grato
     
  2. Istriano

    Istriano Senior Member

    -
    Depende da oração principal: Duvidavam/duvidaram/pensavam/pensaram/acharam/queriam/gostariam que Maria estivesse fazendo outra coisa...
    Também: Mesmo que Maria estivesse fazendo outra coisa...
    O uso independente do subjuntivo do pretérito imperfeito (só com que) é muito menos comum que o uso independente do subjuntivo do presente (Que eu saiba...; Que ninguém se mexa!).
     
    Last edited: Mar 31, 2012
  3. SãoEnrique

    SãoEnrique Senior Member

    French France
    Sorry but I didn't understand, I've always seen it with "se".:eek: In those cases why we must use this tense:

    -Disse-lhe que quando viesse a Lisboa me telefonasse.
    -Fizesse sol ou chuva, estava sempre cedo na loja. :confused:
    -Havia quem dissesse que a casa estava assombrada.
    -Se ele casasse com a Margarida, seria muito mais feliz.
     
    Last edited: Mar 31, 2012
  4. nihilum Senior Member

    23°13'S 43°13'W
    Portuglisc sprǣc
    O pretérito imperfeito do subjuntivo também "é" futuro. Queria ler Pretérito imperfeito do subjuntivo? Formas verbais em -sse em contextos que veiculam a noção de posterioridade (google scholar)
     
    Last edited: Mar 31, 2012
  5. Istriano

    Istriano Senior Member

    -
    These can be analyzed as transformations from present to past (shifting of the tenses):

    Faça sol ou (faça) chuva, estou sempre cedo na loja.
    Há quem diga que a casa está assombrada.


    Entendeu?
     
    Last edited: Mar 31, 2012
  6. Macunaíma

    Macunaíma Senior Member

    Um ninho de mafagalfinhos
    português, Brasil
    É como o Istriano disse: quando a frase estiver no passado, usa-se o imperfeito do subjuntivo onde se usaria um subjuntivo presente ou, a depender do caso, um futuro do subjuntivo.

    Talvez ele venha.
    Havia boatos de que ele talvez viesse, mas ele acabou não aparecendo.

    É indispensável que menores venham acompanhados dos pais.
    Era indispensável que menores viessem acompanhados dos pais.

    Eu pedi para o São Henrique trazer para mim uma garrafa de Château Haut Brion 1982 quando ele vier da França. (Ele ainda não veio)
    Eu pedi para o São Henrique trazer para mim uma garrafa de Château Haut Brion 1982 quando ele viesse da França, mas ele não trouxe porque era muito cara.
     
  7. SãoEnrique

    SãoEnrique Senior Member

    French France
    Sim, entendi obrigado por ter-me explicado:)

    Se entendi, vendo os exemplos devemos respeitar a concordancia dos tempos (Geralmente vocês usam o Conjuntivo Pretérito Imperfeito com as palavras "se", "que")? Por exemplo:

    "Se fosse mais rico teria comprado uma ferrari".

    P.S: Se você me disser onde está, vou lhe trazer uma garrafa de Château Haut Brion :D
     
  8. Macunaíma

    Macunaíma Senior Member

    Um ninho de mafagalfinhos
    português, Brasil
    Mais importante do que memorizar palavras que acionam o subjuntivo (um método confuso e questionável) é atentar ao sentido e, principalmente, à relação de tempos: o imperfeito do subjuntivo, numa frase referente ao passado, vai no lugar de um presente do subjuntivo ou de um futuro do subjuntivo, se a ação já tiver tido tempo de ser completada (como no exemplo da garrafa de vinho).
     

Share This Page