1. The WordReference Forums have moved to new forum software. (Details)

He visto, he tenido, ha habido, he podido

Discussion in 'Português-Español' started by ruansava, Jul 23, 2009.

  1. ruansava Junior Member

    Español-Colombia
    Hola. Existe en el portugués expresiones de tiempo equivalentes al participio pasado del español? Ejemplos:
    No he tenido tiempo de leer el libro.
    He visto la película cuatro veces.
    Ha habido un terremoto en china.
    No he podido trabajar esta semana

    En algunos textos he visto que se usa ter como informal y haver como formal (tem tido=ha tido), pero me han comentado que no existe como tal el participio pasado y se usa el verbo ter para estas expresiones. Les agradezco la aclaración.
     
  2. PoçoDeIgnorância Junior Member

    Brasil - Português
    Sim, em português há o particípio (corresponde ao participio passado do espanhol). O participio presente não existe em português.

    Porém, as orações apresentadas como exemplo empregam "locuções verbais" (HABER + participio pasado) que equivalem ao pretérito perfeito em português . Versões em português para seus exemplos poderiam ser :

    No he tenido tiempo de leer el libro.
    Não tive tempo de ler o livro

    He visto la película cuatro veces.
    o filme quatro vezes.

    Ha habido un terremoto en china.
    Houve um terremoto na China.

    No he podido trabajar esta semana.
    Não pude trabalhar esta semana.

    Não podemos propriamente afirmar que as locuções com o verbo ter sejam sempre informais, embora seja verdade que muito raramente o verbo haver é usado em discursos informais. Por exemplo, "Tenho andado distraído". É uma construção absolutamente dentro das regras da norma culta. O que talvez tenham indicado com informalidade é um "certo" hábito bastante comum no Brasil (não sei como é em Portugal) de se trocar o verbo haver (no sentido de existir) pelo verbo ter.

    momentos nos quais me desespero. (forma culta)
    Tem momentos nos quais me desespero. (forma coloquial)
     
  3. Tomby

    Tomby Senior Member

    Along the Via Augusta
    Spanish/Catalan
    No porque no existe el 'participio pasado' en español. Contrariamente si existe el pretérito perfecto compuesto de indicativo (yo he amado, tú has amado, etc.).
    Dicho tiempo verbal, que se usa para describir acciones comenzadas y acabadas en el pasado pero que mantienen cierta relación con el presente, puede tener su equivalente portugués en el pretérito perfeito simples do indicativo (eu amei, tu amastes, etc.) [indicado por Poço] o en el pretérito perfeito composto do indicativo (eu tenho amado, tu tens amado, etc.) según el contexto. Tengo libros de José Saramago cuya traducción al español es pretérito perfeito composto ---> pretérito perfecto compuesto.
    Un ejemplo: "Este ano tem chovido pouco" = "Este año ha llovido poco" ≠ "Este año llovió poco".
    ¡Saludos!
     
  4. curlyboy20 Senior Member

    Lima, Peru.
    Peruvian Spanish.
    Acontece que em espanhol não usamos aquele tempo verbal como deveria ser usado. Na minha humilde opinião, acho que o idioma português usa aquele tempo verbal (eu tenho ido, tu tens ido, etc) apropriadamente.

    O pretérito perfeito composto se usa para expressar uma ação que começou no passado e ainda continua no presente:

    "Este ano tem chovido muito" ouseja que desde o início do ano que está chovendo com frequência.

    "Eles tem tirado muitas fotos desde que chegaram ao Rio" ouseja, eles ainda estão no Rio e vêm tirando fotos desde que chegaram.

    Compare:

    "Este ano choveu muito" sugere que houve muita chuva mas já não chove.
    "Eles tiraram muitas fotos quando estavam no Rio". Eles já não estão no Rio agora mas quando estiveram tiraram muitas fotos.

    Em espanhol, quase todo mundo usa o pretérito perfeito composto para expressar ações que aconteceram no passado e já não acontecem no presente. Por exemplo, é muito comum ouvir:

    "Ellos han viajado mucho el año pasado" Literalmente: Eles têm viajado muito no ano passado. O correto seria, "Ellos viajaron mucho el año pasado".

    "Ellos han tomado mucha agua ayer" E assim por diante.
     
  5. Tomby

    Tomby Senior Member

    Along the Via Augusta
    Spanish/Catalan
    :thumbsup:
    Sim, tens razão. Concordo contigo.
    Em Espanha dizemos, por exemplo, "hoy he comido arroz" mas o certo seria dizer "hoy comí arroz" porque faz oito horas que "eu comi" (oração acabada, perfectiva). Acho que os galegos quando falam espanhol usam estes tempos verbais de maneira certa.
    TT.
     
  6. Giorgio Lontano

    Giorgio Lontano Senior Member

    Nova Guatemala da Assunção.
    Guatemala - Español
    Olá,

    Acho que isso depende da região, porque no meu caso nunca diria “Ellos han viajado mucho el año pasado”, porque o ano passado já acabou, e não tem jeito de continuar viajando :p. Para mim não existe diferença com esse tempo verbal nas duas línguas (dos outros tempos verbais, falamos depois ;)).

    Abraços.

    P.S.: Bem-vindo de volta TT. :thumbsup:
     
  7. curlyboy20 Senior Member

    Lima, Peru.
    Peruvian Spanish.
    Oi, Giorgio!

    Talvez dependa da região, porque como eu e o TT dissemos, muitos hispanos usam aquele tempo verbal inapropriadamente. Como você disse, "Ellos han viajado" faz pensar que eles começaram a viajar em algum momento no passado e ainda hoje continuam viajando, mas é comum ouvir por aqui, "Ellos han viajado el año pasado".

    Isto (e o futuro do subjuntivo) é complicado para nós os hispano-falantes.
     
  8. ManPaisa

    ManPaisa Senior Member

    Here and there in a topsy-turvy world
    AmE (New England) / español (Colombia)
    Isso acontece somente em algumas (poucas) regiões da América Latina. Aqui na Colõmbia ninguem diria ellos han viajado mucho el año pasado. Todo o mundo diria viajaron.
     
  9. ManPaisa

    ManPaisa Senior Member

    Here and there in a topsy-turvy world
    AmE (New England) / español (Colombia)
    Claro que existen, pero, por lo menos en Brasil, no se usan tanto como en español. Se usa más bien el equivalente de nuestro pretérito simple: vi esse filme quatro vezes.
     

Share This Page