1. The WordReference Forums have moved to new forum software. (Details)

Infinitivo Pessoal

Discussion in 'Português (Portuguese)' started by Jabir, Feb 9, 2012.

  1. Jabir

    Jabir Senior Member

    Portuguese - Brazil
    Olá, queridos foreros

    Alguém poderia me explicar o que seria este tal de infinitivo pessoal?

    Eu li na Wikipedia que ele assume essa forma após o verbo parecer, ex:
    - Os dias pareciam voar...

    Isso significa que se eu disser:
    - Nós parecíamos voarmos...

    está correto?

    :O

    Não entendo mais nada dessa gramática maluca!
     
  2. Bahiano

    Bahiano Senior Member

    Veja aqui!

    --> Nós parece/parecia voarmos...
     
  3. Jabir

    Jabir Senior Member

    Portuguese - Brazil
    Yo no lo creyo!
    Não pode ser assim!
    É demais para os meus ouvidos!
    Esta gramática é uma fanfarronice!

    Bom, mas obrigado, Bahiano! :D
     
  4. Jabir

    Jabir Senior Member

    Portuguese - Brazil
    Mas espere...
    O infinitivo pessoal tem uso facultativo e pode ser sempre substituído pelo impessoal?
    Ou existem casos de uso compulsório?
     
  5. JotaPB Junior Member

    Portuguese - Brazil
    O único caso em que o infitivo pessoal é obrigatório são aqueles em que o sujeito é explícito na frase. Todos os outros são facultativos e dependem mais do estilo pessoal do que de qualquer outra coisa.
     
  6. Ariel Knightly

    Ariel Knightly Senior Member

    Rio de Janeiro
    Brazilian Portuguese
    Realmente, agora você me pegou. Aqui a gente encontra a mesma informação:
    Mas se Eles parecia voarem já não é uma coisa que me soe lá muito bem, Nós parecia voarmos é abusar muito da minha boa vontade. Deve haver alguma restrição quanto a esse tipo de estrutura só ser possível na terceira pessoa. Alguém sabe alguma coisa sobre isso?
     
  7. Carfer

    Carfer Senior Member

    Paris, France
    Portuguese - Portugal
    Não, mas concordo consigo.
     
  8. hiratafabio Senior Member

    São Paulo, Brazil
    Brazilian Portuguese
    Eu também não. Tive uma aula de português na pós-graduação no mês passado, o professor falou de infinitivo pessoal, mas não do verbo parecer.

    Para mim, o que soa natural é "Parecíamos voar", "Parecia que voávamos". Quando o "parecer" for singular, prefiro usá-lo no começo: "Parece que as paredes estão estremecidas". Se estiver no meio e for plural, aí prefiro usar sem o "que", assim: "As paredes parecem estar estremecidas".
     
  9. Jabir

    Jabir Senior Member

    Portuguese - Brazil
    Por exemplo:
    "Minha mãe falou para arrumarmos o quarto"... Neste caso deve ser o pessoal, certo?
    "Meus pássaros pareciam voar"... Eu diria assim, o sujeito é explícito, mas mesmo assim não diria "meus pássaros pareciam voarem"...

    Isto é uma tarefa além da mera capacidade das pessoas sãs!
     
  10. Ariel Knightly

    Ariel Knightly Senior Member

    Rio de Janeiro
    Brazilian Portuguese
    Você não diz pareciam voarem porque o parecer aqui é um verbo auxiliar e, por isso, não poderia ser seguido por infinitivo pessoal.

    Meus pássaros pareciam voar. :tick: [Aqui pareciam é verbo auxiliar.]
    Meus pássaros parecia voarem. :tick: [Aqui Meus pássaros voarem seria o sujeito de parecia.]
    Meus pássaros pareciam voarem. :cross:
     
  11. Jabir

    Jabir Senior Member

    Portuguese - Brazil
    Obrigado, Ariel, mas ainda não entendi em que caso o infinitivo pessoal é obrigatório.
    Poderia explicar com exemplos, por favor? :)
     
  12. Ariel Knightly

    Ariel Knightly Senior Member

    Rio de Janeiro
    Brazilian Portuguese
    Como falante nativo, eu simplesmente uso minha intuição para saber o que soa melhor.
    (CUNHA, Celso Ferreira da. Gramática da Língua Portuguesa)

    Quanto às tais tendências, acho que isso você encontra fácil na internet.
     
  13. Jabir

    Jabir Senior Member

    Portuguese - Brazil
    Se eu usar a forma (verbo ir) + (infinitivo) para expressar o Imperativo na primeira pessoa do plural (ex: Não vamos comer essa lagosta porque pode estar estragada), o infinitivo é pessoal ou impessoal?

    O pessoal me parece sonoramente horrível no exemplo acima!
     
  14. J. Bailica Senior Member

    Portugal
    Português - Portugal
    Claro (que é horrível), acho que neste caso a questão sem se coloca. Eu também sofria com este problema, até copiar para uma espécie de prontuário pessoal digital alguns casos exemplares (do ciberdúvidas, de autores que esteja a ler...); e depois, praticando a escrita (por exemplo aqui), comecei a encarar esta questão particular com mais naturalidade, e a aperceber-me de que quase sempre é realmente uma questão de gosto, de ênfase (não quer dizer que eu não hesite ou erre às vezes...)

    Mas indo ao seu caso, eu, que sou um mero leigo, penso que se pode dizer que o uso do 'vamos', antes de 'comer', já faz a concordância com o sujeito. 'Comer' só pode ficar impessoal.


    Onde poderiam surgir dúvidas seria em frases como esta:
    Comer / comermos (nós) lagosta era o que mais desejávamos naquele momento.



    Eu não sei explicar isto com os devidos termos técnicos, mas posso dar a minha interpretação, que vale aquilo que vale (quase nada:)); nestes casos, penso assim: se optar por 'comer' estou a realçar a acção de comer; se escolher 'comermos', estou a dar mais ênfase ao sujeito (nós). Não que isto explique tudo, longe disso, mas neste caso, a mim, pelo menos, ajuda-me a perceber que não é assim tão importante, é (quase) a mesma coisa - neste caso, volto a lembrar.
     
  15. gvergara

    gvergara Senior Member

    Santiago, Chile
    Español
    No romance de Saramago que estou lendo ele emprega muito o infinitivo pessoal após verbos auxiliares, mas o caso do futuro perifrástico (ir + Infinitivo) talvez seja diferente... Que se pasa com os verbos modales? Tem casos em que o infinitivo pessoal esteja absolutamente proibido (ou em que soe horrível)?
     
  16. Istriano

    Istriano Senior Member

    -
    Na língua falada: deixo vocês irem, deixem eles irem
    Na l. formal escrita: deixo-os ir, deixem-nos ir
     
  17. Ariel Knightly

    Ariel Knightly Senior Member

    Rio de Janeiro
    Brazilian Portuguese
    Olha, Gvergara, que eu saiba, o infinitivo que segue o auxiliar é sempre impessoal. Se for pessoal, é porque o que você acreditava ser um auxiliar na verdade era um verbo principal. Você teria alguns exemplos desse livro?
     
  18. gvergara

    gvergara Senior Member

    Santiago, Chile
    Español
    Procurarei. Assim que os tenha encontrado, postejarei-os ;)
     

Share This Page