O "L" final em Portugal

Discussion in 'Português (Portuguese)' started by Denis555, Jul 9, 2007.

  1. Denis555

    Denis555 Senior Member

    Cracóvia, Polônia
    Brazilian Portuguese
    O "L" no final de sílaba no Brasil é sempre como um "U". Ou pra ser mais preciso como um /w/ semivogal.
    Ex.:
    Calma /Káwma/
    Brasil /Brazíw/
    Qual /kwaw/

    Os portugueses pronunciam diferente, né? Mas como? Eu acho que é como (ou quase como) em inglês. Estou certo?
     
  2. Outsider Senior Member

    Portuguese (Portugal)
    A pronúncia do "L" em inglês varia um pouco com os dialectos. O "L" português final de sílaba é o que se chama um dark L em linguística. Penso que encontra algumas gravações com ele no sítio do Ruud Harmsen.

    Aliás, o "L" português é sempre um pouco velarizado. Pode não ter sido sempre assim; tenho notado que muitos africanos não velarizam o "L". Curiosamente, os estrangeiros que não têm este som nas suas línguas acham o dark L parecido com o "u" semivogal.
     
  3. birdface Senior Member

    us english
    Me parece que os meus amigos do Portugal pronunciam o "L" iguais as pessoas que falam espanhol; um pouco mais molhe das pessoas que falam Inglês. Mas, faz somente 10 mêses que estou falando Português. Quem sabe.....


    :)
     
  4. Denis555

    Denis555 Senior Member

    Cracóvia, Polônia
    Brazilian Portuguese
    Realmente é parecido, Out. Mas como está escrito no site que você deu, está próximo ao L final do inglês britânico e ao holandês. Vivendo aqui na Holanda. Escuto esse som sempre.

    Mesma assim, nós brasileiros tendemos a fazer a mesma coisa que os estrangeiros que não têm esse Dark L quando falamos inglês. Dá pra escutar de longe quando é um brasileiro falando inglês porque relaxadamente pronunciamos a palavra "Well" como "uéu".
     
  5. djlaranja

    djlaranja Senior Member

    Recife
    Brazil / Brazilian Portuguese
    Pessoal,

    Só pra dar uma idéia: há um gosto especial de pronunciar o "L" final glosso-palatar em algumas regiões, como é comum entre o sul de Pernambuco e norte de Alagoas.

    Acho que os alagoanos falam o "L" assim. Lembro bem que meu avô fazia questão de pronunciá-lo desse modo, bem marcado, assim como as pessoas da mesma região.

    Abraços,

    DJ
     
  6. Cineclubista Senior Member

    São Paulo (SP)
    Brazil, Portuguese
    Para enriquecer a discussão, lembro a vocês que, em certas áreas do Interior do estado de São Paulo, a pronúncia normal do "L" em final de sílaba é "R" forte: "Carrma", "Brasirr" e "Quarr", nos exemplos apresentados. "Bordel", o vocábulo que gerou este debate, é pronunciado "bordér", "hotel" é "hotér", etc.

    Nos estados sulinos, creio que o "L" é pronunciado à espanhola. E nos estados nordestinos, o "L" de fim de palavra desaparece.

    Um abraço!
     
  7. djlaranja

    djlaranja Senior Member

    Recife
    Brazil / Brazilian Portuguese
    Cineclubista,

    Concordo que acontecem essas variações. No entanto, no miolo do sertão entre Pernambuco, Alagoas e Bahia (Bacia do Rio São Francisco), a pronúncia do "L" é parecida com a pronúncia espanhola, o que chama a atenção por ser diferente sobretudo no final das sílabas - não necessariamente no final das palavras. Exemplos:

    Calma - "Kallma";
    Final - "Finall";
    Brasil - "Brazill";

    Era assim que meu avô falava, em vez de "Kawma", "Finaw" ou "Braziw"...

    DJ
     
  8. Cineclubista Senior Member

    São Paulo (SP)
    Brazil, Portuguese
    Mais um subsídio:

    “3º) Na pronúncia normal do português europeu, a consoante l, quando final de sílaba, é velarizada; a sua articulação aproxima-se, pelo recuo da língua, à de um ou [w]. Na transcrição fonética, é costume distinguir este l do l inicial de sílaba, representando-se o último por [l] e a consoante velarizada por [ł]; lado [´laδu], alto [´ałtu], mal [´mał]. Na pronúncia normal do Rio de Janeiro e de vastas zonas do Brasil, por perder-se o contato entre os órgãos da articulação, o l final de sílaba vocaliza-se, ou seja, transforma-se na semivogal [w]: alto [´awtu], mal [´maw]. Anulam-se, deste modo, as oposições entre alto / auto, mal / mau” (Celso Cunha & Lindley Cintra, Nova gramática do português contemporâneo, Rio de Janeiro, Nova Fronteira, 1985, p. 46-47).


    Um abraço!
     
  9. Denis555

    Denis555 Senior Member

    Cracóvia, Polônia
    Brazilian Portuguese
    Embora sempre tenha esses detalhes de pronúncia não-padrão no Brasil como citados em regiões do Nordeste; o que não deixa de ser interessante e enriquecedor saber.
    Só pra não confundir os estrangeiros com as exceções e peculiaridades. O Padrão no Brasil seria como essa jornalista pronuncia o "L" nas palavras empresarial, global, civil, Portugal e oficial . Vejam o texto e cliquem em "Ouça" para ouvir:
    http://radio.un.org/por/story.asp?NewsID=3421


    O que me deixou surpreso é que nesse mesmo site, site da Rádio das Nações Unidas, tem essa reportagem falada no português para África que seria perto do de Portugal e o jornalista pronuncia as palavras anual, mundial quase que como os brasileiros. No entanto, a palavra "Brasil" e "mal preparados" ele pronuncia com o L espanhol. Prestem atenção. Dá pra notar bem a diferença quando o brasileiro fala "mal conservado" no meio da matéria.
    Vejam e ouçam aqui:
    http://radio.un.org/por/story.asp?NewsID=3427

    Pergunta para os portugueses: Esse jornalista é realmente africano ou é português?
     
  10. Outsider Senior Member

    Portuguese (Portugal)
    Tem sotaque africano, mas pronuncia o "L" final como em Portugal.
    É em posição intervocálica que se nota mais diferença entre o "L" dele e o nosso: pronuncia Itália, qualidade, fórmulas, etc. com um "L" mais forte. Quase que parece que ele diz "Itálhia", "qualhidade", "fórmulhas"... tipicamente africano.
     
  11. Alentugano

    Alentugano Senior Member

    Português - Portugal
    Oi,
    não, esse jornalista é totalmente africano! Sem chance de ser português.
     
  12. Alandria Senior Member

    Brasil - São Paulo
    Português
    Boa parte dos gaúchos ainda pronuncia o L velarizado em posição final. :)
     
  13. Macunaíma

    Macunaíma Senior Member

    Um ninho de mafagalfinhos
    português, Brasil
    Como o finado Leonel Brizola e o Senador Pedro Simon.
     

Share This Page