Parecia-lhes pouco provável encontrarem

Discussion in 'Português (Portuguese)' started by Eloy1988, Nov 4, 2007.

  1. Eloy1988

    Eloy1988 Senior Member

    Barcelona, España.
    España/español
    É correcta a seguinte construcção:
    Parecia-lhes pouco provável encontrarem isso?
    E esta:
    Parecia-lhes pouco provável encontrar isso?
    ou ainda:
    Parecia pouco provável encontrarem isso?
    Se há duas o três certas, qual é a melhor?
    Outra pergunta: quais das seguintes frases estão certas?
    -É possível nós ir ao cinema;
    -É possível irmos ao cinema;
    -É possível nós irmos ao cinema.


    Obrigado antecipadamente.
     
  2. bhagavan dasa

    bhagavan dasa Senior Member

    Brazil, portuguese
    Quanto a segunda pergunta, as duas últimas estão certas, são chamadas orações reduzidas de infinitivo. São mais sofisticadas do que as orações subordinativas iniciadas por "que", no caso, "É possível que a gente vá ao cinema".

    A primeiro é erro de concordância.

    Analisei só a idéia da oração reduzida de infinitivo, porque o "é possível" não soa bem. Você quer dizer que "talvez a gente vá ao cinema", "talvez iremos ao cinema"? Não são necessárias duas orações para se dizer isso, acho.
     
  3. Macunaíma

    Macunaíma Senior Member

    Um ninho de mafagalfinhos
    português, Brasil
    A primeira me parece incorreta. "Encontrar isso" é que é o sujeito da frase, e não a terceira pessoa do plural indicada por -lhes; logo, não há por que o infinito ser pessoal. Mas espero que alguém esclareça isso melhor (Eu já fiquei em recuperação na escola por ser ruim em análise sintática. Se no final ficar provado que "encontrar isso" não era o sujeito da frase coisa nenhuma, foi mal!)


    A segunda e a terceira estão corretas, com ligeira diferença de significado. Na primeira parecia a eles e na segunda parecia a mim ou ao senso comum. Na terceira frase, a terceira pessoa do plural é sujeito de oração subordinada objetiva direta: Parecia pouco provável (eles) encontrarem isso. Daí o infinitivo pessoal.

    Macunaíma
     
  4. Dom Casmurro

    Dom Casmurro Senior Member

    Brazil Portuguese
    Caro Macu, sem querer polemizar e já polemizando, não acho que encontrar isso / encontrarem isso seja sujeito. Pelo que depreendendo de uma resposta do Ciberdúvidas, o verbo parecer, nessa oração, é impessoal, ou seja, não admite sujeito. Mas estou aberto a réplicas. :) Acho, assim, que as três opções estão corretas, a segunda, contudo, soando melhor aos meus ouvidos do que as outras duas.

    Quanto à segunda pergunta, nada a acrescentar ao já dito pelo Bhagavan Dasa. Soa esquisito alguém dizer que vai ao cinema daquela forma, a não ser que... o filme seja uma porcaria, e a pessoa esteja sendo obrigada a vê-lo: É possível irmos ao cinema (para ver aquele filme indigesto).:D
     
  5. jazyk Senior Member

    Brno, Česká republika
    Brazílie, portugalština
    O que parecia pouco provável? Encontrar(em) isso - sujeito da oração. Tanto o infinitivo pessoal quanto o infinitivo impessoal, por serem formas nominais, podem ocupar a posição de sujeito, é a função que têm aí.
    Parecia - verbo de ligação, concorda com encontrar(em)
    Pouco provável - predicativo do sujeito

    Não tenho nada que acrescentar à explicação do Macunaíma.
     
  6. Outsider Senior Member

    Portuguese (Portugal)
    É difícil dar uma opinião sem mais contexto. Em todo o caso, acho que se trata de uma questão de estilo, mais do que outra coisa. A primeira frase é a mais literária, a segunda é intermédia, e a terceira é mais coloquial.

    Quando o sujeito do infinitivo está explícito, e o verbo o segue imediatamente, o infinitivo pessoal é obrigatório.
     
  7. Macunaíma

    Macunaíma Senior Member

    Um ninho de mafagalfinhos
    português, Brasil
    A primeira me pareceu incorreta porque achei estranho o infinitivo pessoal numa oração que fosse sujeito da frase. Eu fiz uma equivalência: "Encontrarem isso lhes foi muito útil" e não me pareceu bom. Acho que o infinitivo impessoal fica mais elegante, deixa a frase mais enxuta.
     
  8. Dom Casmurro

    Dom Casmurro Senior Member

    Brazil Portuguese
    Na esperança de não ser apedrejado, :) dou aqui a razão do meu palpite anterior (ver post No. 4 acima):

    Parecia-lhes pouco provável encontrar/em isso = Parecia que lhes era pouco provável encontrar/em isso = Parecia pouco provável que eles encontrassem isso.

    Nas três situações acima, o verbo parecer está ancorado no princípio do período, introduzindo a oração seguinte cujo sujeito, oculto ou não, é eles.


    Mas fiz alguma pesquisa. Aparentemente, haveria duas maneiras distintas de entender, sintaticamente, essa questão.

    Uma delas é a que procurei refletir no meu post anterior: o verbo parecer seria impessoal. Essa interpretação parece endossada pelo pessoal do Ciberdúvidas (além do link que havia dado, vejam, aqui, uma opinião do F.V. Peixoto da Fonseca e, aqui, uma do José Neves Henriques).

    A outra interpretação, que coincide, salvo alguns matizes, com a do Macu e do Jazik, admite que o verbo parecer, nesse caso, não é impessoal, e sim "unipessoal", correspondendo a um "sujeito oracional" (sujeito "com feitio de oração", para parafrasear Noel Rosa :)).

    Abraços.
     

Share This Page