1. The WordReference Forums have moved to new forum software. (Details)

Pronúncia: vogal-NH-vogal

Discussion in 'Português (Portuguese)' started by Doctorr, Jun 5, 2011.

  1. Doctorr Senior Member

    Olá pessoal, às vezes tenho notado que nas palavras como sonho, tinha, Espanha, conhecer não ouço o som Ñ senão mais bem algo como sõu, tĩa, Espãa, coẽcer, alguém me pode explicar isso?
     
  2. englishmania

    englishmania Senior Member

    Portugal
    European Portuguese
    Não tenho essa percepção. Pronuncio sempre o "nh".
     
  3. Doctorr Senior Member

    Englishmania, obrigado.
    Talvez alguém do Brasil saiba explicá-lo (perdão, Englishmania, mas seu português é ibérico e as pronúncias ibérica e brasileira são distintas)?
     
  4. Macunaíma

    Macunaíma Senior Member

    Um ninho de mafagalfinhos
    português, Brasil
    No Brasil o NH pode dar lugar a um ditongo nasal, e sonho fica parecido com sõio. Essa pronúncia é mais comum no Nordeste, mas não somente. Eu também falo assim às vezes.
     
  5. anaczz

    anaczz Senior Member

    À beira do Oceano Atlântico
    Português (Brasil)
    Eu noto essa pronúncia em alguns sotaques do Norte e Nordeste do Brasil, creio que principalmente no Nordeste.
     
    Last edited: Jun 5, 2011
  6. Doctorr Senior Member

    Macunaíma, Anaczz, mais q brigadão, já pensei que tinha um problema com o ouvido rsrs
    Mas o normal é pronunciar Ñ e não com nos exemplos que tinha dado?
     
  7. anaczz

    anaczz Senior Member

    À beira do Oceano Atlântico
    Português (Brasil)
    É uma questão de sotaque regional e cada um considera "normal"o seu próprio sotaque. O "ñ" corresponde mais ou menos aos sotaques do Sul e Sudeste que, por serem essas as regiões economicamente dominantes, acabam por serem tidos como "sotaque padrão".
    Não concordo muito com essa história de padrão... Empobrece muito a língua.
     
  8. Doctorr Senior Member

    Anaczz, obrigado.
    Mas nao entendo, por que isso empobrece a língua - nao é que outras formas sejam extintas né? Ainda sao conservadas.
     
  9. machadinho

    machadinho Senior Member

    Ancient Brazilian Portuguese
    Também não concordo, Ana! :thumbsup: Ainda assim, qual sotaque do Sudeste ou do Sul é tido por padrão no Brasil?
    Certamente não é o porto-alegrense, nem o florianopolitano, nem o curitibano, nem o vitoriense,
    nem o belo-horizontino, nem o carioca e muito menos o paulistano. Qual será?
     
  10. Macunaíma

    Macunaíma Senior Member

    Um ninho de mafagalfinhos
    português, Brasil
    É o de Diamantina.
     
  11. anaczz

    anaczz Senior Member

    À beira do Oceano Atlântico
    Português (Brasil)
    Correm o risco de ser extintas, na medida em que o chamado "padrão" é considerado correto, bonito, um exemplo a seguir, enquanto os demais sotaques e formas dialetais são ridicularizados, tidos como inferiores.
    A televisão tem um grande papel nisso.

    O sotaque padrão deve ser o "globolense", talvez, que é uma mistura do sotaque carioca modificado, com o de São Paulo modificado.
    Para o nordeste, como sotaque pitoresco, temos o nordestinês global, que não é falado em lugar nenhum.
     
  12. machadinho

    machadinho Senior Member

    Ancient Brazilian Portuguese
    :) taí um sotaque que eu não saberia identificar!
     
  13. GOODVIEW

    GOODVIEW Senior Member

    Rio de Janeiro - Brazil
    Portugues brasileiro
    Doctorr,
    Felizmente no Brasil não temos nenhum sotaque considerado oficialmente como sendo o padrão. Assim sendo, todos os sotaque são considerados "normais", para usar o termo que você empregou. O que não significa que não existam preconceitos com relação a tal ou tal sotaque, o que é lamentável. Tem gente que acha que certos sotaques, por serem mais "neutros" (?!?) seriam mais representativos. Eu acho isso uma grande besteira, e beshteira com um "s" bem chiado à carioca...
     
  14. Istriano

    Istriano Senior Member

    -
    Não concordo com você (ou melhor, concordo em partes).
    Mário Perini (linguista) e Thaís Cristófaro Silva (foneticista) são mineiros e segundo eles ''a pronúncia mais comum de NH em português brasileiro é a de GLIDE NASAL''. Acho que MG faz parte da região Sudeste.
    Quando a gente pronuncia o Ñ espanhol, os falantes deste idioma reparam logo qua há algo de ''muito diferente'' em nossa pronúncia, a maioria de nós não pronuncia NH como se fosse um Ñ espanhol (ou GN francês/italiano). Por isso muita gente não sabe quando escrever NEM UM e quando NENHUM uma vez que na maioria das vezes os pronunciamos do jeito igual (o que não ocorre em Portugal).

    Na Bahia, pronunciamos NH sempre como glide nasal ([j] nasalizado, neutralizando na fala a oposição nenhum ~ nem um).
    (Contudo, o som Ñ (palatal) aparece, de vez em quando, como alofone de N antes de um i tônico: bonito [buñitu].)

    Dêem uma olhada:

    http://books.google.com/books?id=ScgdAQAAIAAJ&pg=PA139&img=1&pgis=1&dq=%22nasal+glide%22+brazilian&sig=ACfU3U2CKPq78fzqZaklOpy4Ezu5H5hxTg&edge=0

    http://books.google.com/books?id=Sc...ook_result&ct=result&resnum=2&ved=0CC4Q6AEwAQ

    :)

    Furthermore, it's an old discussion:

    taken from http://forum.wordreference.com/showthread.php?t=623507

    I read somewhere that our conservation of nasal glide pronunciation of NH is a remnant of old Galegoportuguês.
    Once again, our pronunciation is not wrong, it's just old(er), that's all. :)

    Realmente a pronúncia ''carregada'' de NH, 100% consonantal/palatal (Ñ), eu acho uma coisa do sotaque paulistano (italianizado).

    Palatal nasal or nasal palatalization?
    http://individual.utoronto.ca/kochetov/ColantoniKochetov2010_LSRL40.pdf
     
    Last edited: Jun 6, 2011
  15. Istriano

    Istriano Senior Member

    -
    :( Pois é.
    Ainda bem que existe Ivete. :D Ela consegue ''reparar'' os erros Globais.

    OBS
    Tô ouvindo a música Já sei namorar.
    Marisa e Arnaldo pronunciam sonhar como sõy~ar e ganhar como gãy~ar ;)
    E não são nordestinos. :D Paula Toller também não é (mas pronuncia NH como eu:D).

    OBS2
    Nossas gramáticas são muito desatualizadas. Ainda consideram a palatalização de T (como em tia [tchia]) uma coisa carioca (Gramática normativa da língua portuguesa de Rocha Lima).
    (Em SSA sempre se falou assim, e essa pronúncia da gente não tem nada a ver com a Cidade Maravilhosa.) Como já foi dito, não temos um sotaque padrão. Temos vários sotaques de prestígio.
    Na Bahia, o sotaque de prestígio é o sotaque soteropolitano, e não o sotaque paulistano. :D). Se nos EUA há 16 sotaques diferentes e todo mundo se entende, por que no Brasil deveria haver
    um único sotaque padrão. Não faz sentido. :)
     
    Last edited: Jun 6, 2011
  16. anaczz

    anaczz Senior Member

    À beira do Oceano Atlântico
    Português (Brasil)
    Lembro-me de uma época, em meados ou no final dos anos 70, quando era "moda" no meio acadêmico o "sotaque nordestino", às vezes meio parecido com o de Recife. Lembro que metade dos professores das Universidades abriam os "e" e os "o" e nasalisavam (ou seja lá como chame) o "nh" (aliás, o que é exatamente GLIDE NASAL? Não faço a menor ideia...).
    Todos davam aulas de Biólugiia, Micróbiólugiia. Fui a um congresso em Brasília, nessa época, e todos os palestrantes pareciam ser do Nordeste... Era engraçado.
     
  17. Doctorr Senior Member

    Istriano, muito obrigado por suas observações
    E sobre tudo, resultou-me muito útil sua nota #2 porque antes de português apreendi espanhol rs
     
  18. Istriano

    Istriano Senior Member

    -
    O ''som'' (fone) inicial da palavra iate [j] (ou [y]) nasalizado.;)
    Também é o segundo elemento dos ditongos nasais:
    tem [te~j~], mãe [mã j~].

    OBS
    Na verdade, glide é palavra chique para dizer semivogal. :)
     
    Last edited: Jun 6, 2011
  19. Doctorr Senior Member

    Istriano, tem um análogo do glide nasal em espanhol?
    Porque segundo entendo, um exemplo de glide em espanhol seria "hielo", "hierro", o que acha?
     
    Last edited: Jun 6, 2011
  20. Istriano

    Istriano Senior Member

    -
    Bom, eu li que em uns dialetos cubanos Ñ pode se pronunciar como um glide nasal, mas em espanhol a pronúncia alternativa regional mais frequente de Ñ é [nj]: España [es'panja]
     
  21. Leandro

    Leandro Senior Member

    Rio de Janeiro
    Brazil - Portuguese
    Isso é comum na língua portuguesa do Brasil. Nós nasalizamos as vogais antes de "m" e "n". Quando encontramos "nh", antes de fazermos o som do "nh", nós nasalizamos a vogal que o precede (aproximante palatal nasal). Seria o mesmo que escrever:
    som-nho (sõ-nho)
    tin-nha
    Es-pan-nha (Es-pã-nha)

    Tem gente que até nasaliza palavras como "comigo" (cõ-mi-go ou com-mi-go).

    E já li que o "nh" português e o "gn" francês são os mesmos, mas diferem do "ñ" espanhol. Os dois primeiros são feitos com a parte posterior da língua tocando praticamente a garganta, enquanto o terceiro (ñ) é feito com a parte medial da língua tocando o céu da boca, como se fosse um "nia-nio".
     
  22. Doctorr Senior Member

    Leandro, obrigado =)
     
  23. Denis555

    Denis555 Senior Member

    Cracóvia, Polônia
    Brazilian Portuguese
    Eu também pronuncio assim com essa semivogal nasal. Sou de Recife.
    Tentando explicar duma outra maneira:
    Pai → p a i
    A letra "i" acima é uma vogal rápida, ou seja, uma semivogal.


    As palavras abaixo têm um ĩ semivogal nasal
    mãe m ã ĩ
    tem
    t ẽ ĩ

    vem o homem vẽ ĩ u õmẽ ĩ
    Esse ĩ é então usado como "nh".
    venho vẽ ĩ u
    nem um n ẽ ĩ ũ
    nenhum n ẽ ĩ ũ

    Mas quando antes do "nh" vem um "i", o "nh" se torna um ĩ nasal simples como em: eu vim eu v ĩ
    rainha r a ĩ a
    vinho v ĩ u

    Istriano, esses sites ajudam a colocar os acentos (ou os símbolos do AFI) ;):
    http://ipa.typeit.org/full/
    http://rishida.net/scripts/pickers/ipa/
    http://weston.ruter.net/projects/ipa-chart/view/keyboard/
     
    Last edited: Jun 8, 2011
  24. Doctorr Senior Member

    Denis, muito boa a explicaçao!
     
  25. Nino83 Senior Member

    Italian
    Olá para todos.
    Neste período estou escutando Seu Jorge (que é carioca) e notei que ele pronúncia as /nh/ como [j̃] (buhgezij̃ɐ, sukij̃u, ʤij̃eru).
    Qual é, no sudeste, a pronúncia prevalente do /nh/?
     
  26. Guigo

    Guigo Senior Member

    Rio de Janeiro
    Português (Brasil)
    Uma observação: o Sudeste (SE) do Brasil tem mais de 80 milhões de habitantes (= Alemanha) e cerca de 925.000 km² (= 3 x Itália). Imaginem quantos dialetos, falares, sotaques, acentos existem na Alemanha e na Itália? Claro que, no caso do SE do Brasil, por motivos diversos, há bem menos variedades, mas ainda assim são significativas e, muitas vezes, díspares.

    Dito isso, eu penso que não existe uma pronúncia prevalente do /nh/, porém creio que aquela do Seu Jorge é bem representativa da área conhecida como Grande Rio (cerca de 12 milhões de pessoas). Ainda assim não há uma "padronização": aqui, muitos pronunciam companhia como compania; não se trata de influência do espanhol e sim 'lei do menor esforço'.
     
  27. Nino83 Senior Member

    Italian
    Muito gentil, Guigo.
    Talvez escutando por muito tempo Tom Jobim (que pronunciava a /nh/ quer [ɲ] quer [j̃], mas com mais frequência [ɲ]) me fiz a idea que em Rio a norma fosse pronunciá-la como em Portugal.
    Escutando (agora) também Marisa Monte, Seu Jorge, notei que o [j̃] é mais frequênte.
    Na sua opinão pode ser que nos últimos anos e nas jovens gerações ficou mais frequênte o
    [j̃]?
    João Bosco (do estado de Minas Geráis) pronuncia a /nh/ como
    [ɲ].

    Por curiosidade, seria correto dizer que no nordeste e em Rio prevalece o [j̃] e que em São Paulo e no sul prevalece o [ɲ]?

    Obrigado
     
  28. Guigo

    Guigo Senior Member

    Rio de Janeiro
    Português (Brasil)
    Nino, sou mais curioso em história, linguística e etimologia; na parte da fonética sou um newbie. :eek:

    Porém, alguns dados podem ser acrescentados (de acordo com o censo oficial do IBGE):
    - dos 80 milhões que vivem no SE, cerca de 1/3 nasceram em outras regiões e/ou outros países;
    - há uma intensa mobilidade urbana, no Brasil atual;
    - a influência 'pasteurizadora' da televisão.

    Assim, a dinâmica dos acentos, sotaques e falares, dentro do país, presentemente, parece ainda não ter atingido um ponto final. Talvez alguém mais focado, na questão da fonética, possa responder melhor.

    Grande abraço.
     
  29. sucuruiuba Junior Member

    João Pessoa/PB, Brasil
    Português - João Pessoa/PB/Brasil
    Acho que ninguém pronuncia perfeitamente o nh de companhia e de campainha.
     

Share This Page