quero-te ou te quero

Discussion in 'Português (Portuguese)' started by marunguis, Mar 24, 2006.

  1. marunguis

    marunguis Junior Member

    Bs As , Argentina
    Spanish - Argentina
    Oi amigos ¡¡ tenho uma dúvida e é esencial ¡¡

    Não entendo como armar uma frase..

    Exemplo : se eu quero dizer : " te quiero " a manera certa é "eu te quero" não ?

    mas se eu quero dizer " te quiero amar" é certo dizer " quero-te amar" ???


    Acho que o português e o espanhol sao línguas muito similares, mas vejo que em esse sentido é diferente.

    outro exemplo : " se establece un conflicto " no português seria :
    " estabelece-se um conflito"
    ou " quiero recordarte" em portugues seria "quero-te lembrar" ??
    Quero saber o quando é que devo falar ao contrario que o espanhol

    Nossa ¡¡ estou muito confundida agora¡¡ Por favor preciso de sua ajuda e tamben corriga meus erros.

    Sempre muito obrigada.

    maru
     
    Last edited by a moderator: Jul 20, 2009
  2. MarcB Senior Member

    US English
    Eu te quero, quero-te . quero-te amar. com um pronome - objeto verbo. Sem pronome usa-se a forma verbo objeto mas na lingua falada no Brasil te quero ou quero você , são comuns.
     
  3. Vanda

    Vanda Moderesa de Beagá

    Belo Horizonte, BRASIL
    Português/ Brasil
    Na língua escrita: Estabelece-se um conflito.
    Na língua falada: SE estabelece um conflito.

    Escrita : Quero lembrar-te
    Falada: Quero te lembrar.

    Na língua falada normalmente usamos o pronome antes do verbo. Na língua escrita há algumas regras sobre quando usar o pronome antes, no meio ou depois do verbo. Temos um hilo a respeito deste assunto.

    OBS.: Obviamente estou me referindo ao Pt do Brasil.
     
  4. Outsider Senior Member

    Portuguese (Portugal)
    Marungis, na fala do Brasil os pronomes átonos tendem a ser colocados antes do verbo principal. Assim:

    (Yo) te quiero: (Eu) te amo (Veja esta discussão sobre "querer" e "amar".)
    (Yo) te quiero amar: (Eu) quero te amar. :arrow: Sem o hífen, que não se usa no Brasil.
    Se establece un conflicto: Se estabelece um conflito.
    Quiero recordarte: Quero te lembrar.

    Esta posição do pronome chama-se próclise. O contrário da próclise é a ênclise:

    (Eu) amo-te.
    (Eu) quero amar-te.
    Estabelece-se um conflito.
    Quero recordar-te.


    Usa-se quase exclusivamente a próclise na linguagem falada do Brasil. A ênclise aparece na escrita, ou no português europeu. Por sorte, nas frases que escreveu, tanto a próclise como a ênclise estão certas. No entanto, eu aconselho que se habitue a usar a próclise, porque as regras para usar a ênclise são muito complicadas.
     
  5. mrcoelho Junior Member

    São Paulo
    Brazil / Portuguese
    Nestes casos "quero-te amar" ou "quero-te recordar" está incorreto, poderia ser "quero te recordar" ou "quero recordar-te".

    O uso de "quero-te" ocorre quando quer você quer dizer que quer a pessoa, substituindo "te quero". No caso do exemplo, você quer algo, que é "amar a pessoa", por isso não cabe o uso do hífem após o verbo.

    Espero não ter confundido mais que explicado...
     
  6. Outsider Senior Member

    Portuguese (Portugal)
    Mais precisamente, "quero-te amar" e "quero-te recordar" estão incorrectas em português do Brasil, mas estão correctas em português europeu.
     
  7. marunguis

    marunguis Junior Member

    Bs As , Argentina
    Spanish - Argentina
    ta bem , acho que devo estudar ainda mais e mais. É estranho que a língua falada seja diferente da língua escrita, mas suponho que é uma questão de formalidade não ?

    a manera certa que eu quero saber , é a manera do Brasil , porque tenho amigos ali e eu quero falar com eles em portugues.

    obrigada e até a proxima ¡¡¡

    maru



    por favor corrigam meus erros ... é a melhor maneira que tenho para aprender ¡¡
     
  8. Outsider Senior Member

    Portuguese (Portugal)
    Erros corrigidos.
     
  9. ronanpoirier

    ronanpoirier Senior Member

    Porto Alegre
    Brazil - Portuguese
    Eu sempre achei que as regras da próclise eram complicadas, afinal, a regra geral diz que o pronome oblíquo vem após o verbo e somente quando há certas clases de palavras antes dele, usa-se a próclise... e a mesóclise usa-se quando a ênclise deveria ser usada mas o verbo stá no futuro do presente ou no futuro do pretérito (condicional) do indicativo...

    Ao menos menos é isso o que estpa escrito em minha gramática.
     
  10. Outsider Senior Member

    Portuguese (Portugal)
    São duas maneiras de dizer a mesma coisa, Ronan. Para quem usa sempre a próclise, o complicado deve ser aprender quando usar a ênclise e a mesóclise.
     
  11. marunguis

    marunguis Junior Member

    Bs As , Argentina
    Spanish - Argentina
    obrigada ¡
    maru
     
  12. Tomby

    Tomby Senior Member

    Along the Via Augusta
    Spanish/Catalan
    A ênclise, próclise e mesóclise são fáceis de compreender mas difíceis de aplicar para os estrangeiros que estudamos a língua portuguesa.
    Reli os meus apontamentos e, a seguir, transcrevo uns versos que ditou a nossa professora (ignoro o autor deles e peço desculpa):

    Dê-me um cigarro
    Diz a gramática
    Do professor e do aluno
    E do mulato sabido
    Mas o bom negro e o bom branco
    Da Nação Brasileira
    Dizem todos os dias
    Me dá um cigarro.

    Além desta composição, cujo fundamento é demonstrar que nem sempre a língua falada segue as normas ortográficas, anotei o seguinte, referindo-me à última estrofe: "Me dá um cigarro": só admite me e te, nunca lhe.
     
  13. Outsider Senior Member

    Portuguese (Portugal)
  14. Tomby

    Tomby Senior Member

    Along the Via Augusta
    Spanish/Catalan
    Como se diz (literalmente) em Espanha, "consigo fico sem fôlego"
    Parabéns Outsider! E obrigado mais uma vez.:)
     
  15. marunguis

    marunguis Junior Member

    Bs As , Argentina
    Spanish - Argentina
    isso mismo tombatossals ¡¡ não é tao fácil :eek: , e é mais difícil pra mim que nunca estudei português.
    Tudo o que sei é por ler , e por sua prezada ajuda ¡¡ Quando as pessoas perguntan me o como é que estou aprendendo o português, eu digo que é muito fácil porque há pessoas maravilhosas como vocês que usam de seu tempo para ajudar:)

    muito obrigada pela sua ajuda sempre ¡

    maru

    por favor corrijam meus erros
     
  16. Outsider Senior Member

    Portuguese (Portugal)
    Mais correcções:
     

Share This Page