1. The WordReference Forums have moved to new forum software. (Details)

Teu, Tua, & Brasil

Discussion in 'Português (Portuguese)' started by nycphotography, Nov 28, 2005.

  1. nycphotography

    nycphotography Senior Member

    I do be learnin stuff
    John-Paul Miller, NYC
    In Brasil, you don't conjugate the second person.

    But in some parts of Brasil, you use tu with the 3rd person conjugation.

    How about possessives and object pronouns?

    Do you use: teu / tua / ti / cotigo?

    Or do you use: seu / sua / si / cosigo?
     
  2. Vanda

    Vanda Moderesa de Beagá

    Belo Horizonte, BRASIL
    Português/ Brasil
    Os cariocas (from Rio) usam teu, tua, contigo , normalmente. Alguns
    outros estados (poucos) também.

    A maioria dos estados usa : seu, sua, com você. Com respeito
    a consigo e si , no pt do Brasil, têm uso restrito. Só se deve
    usar 'si e consigo' como pronomes reflexivos.
    Ex.: Leve o material consigo. (Com você mesmo.)
    Ele ficou fora de si. (Fora dele mesmo).
     
  3. Hey NYC,

    To answer your question about object pronouns, I believe that mostly all of Brazil uses the second person object pronoun "te" even when referring to the same person with "você." Don't take my word for it yet..lol...because I always thought that teu, tua, and contigo were used interchangeably with seu, sua, and com você.

    Some common examples:

    Quero te dizer alguma coisa.

    Eu te amo.

    Also, "te" can be replaced with "você" when it is used as a direct object pronoun. For example, instead of "Eu te amo" you could say "Eu amo você." Also instead of "Te vi na rua" you could say "Vi você na rua." Another good example is Vanda's translation in the other topic of "I miss you and can't wait to bite you." I'm not sure which construction is used more..lol..I've heard examples of both used equally. I have, however, read that this construction is grammatically incorrect but it is still used in Brazil. I'm not sure if it is used in Portugal. Let's see what the others say.

    Hope this helps.

    Chris
     
  4. luis masci

    luis masci Senior Member

    Córdoba
    Argentina-español
    Os cariocas (from Rio) usam teu, tua, contigo , normalmente. Alguns
    outros estados (poucos) também.

    Acho que os chamados "gauchos" (no sul do Brasil) usam também esta maneira.
    O que Chriszinho disse é verdade, eu também ouví a maneira "quero te dizer.." mixurada com a forma falando de você.
     
  5. Marcio_Osorio

    Marcio_Osorio Senior Member

    Recife-PE, Brazil
    Brazil, Brazilian Portuguese
    Yep, "Sinto tanto sua falta" = "Tô com tanta saudade de você" ~ Oh darling, I miss you so much/I yearn for you. I hope I didn't stray off topic. :)
     
  6. Samo Junior Member

    Usa English
  7. Vanda

    Vanda Moderesa de Beagá

    Belo Horizonte, BRASIL
    Português/ Brasil
    O Luis Masci fez-me lembrar de algo interessante quando mencionou a mistura que fazemos. Na fala, misturamos tudo, mesmo nós os que usamos vc em vez de tu,te.
    Por exemplo dizemos: eu te telefono. (se eu disser lhe telefono, meus amigos vão me olhar com cara de espanto).
    ou : Pode deixar, eu te pego em casa.
    ou: Eu te amo! (eu amo você, não tem a mesma força.)
    a não ser que façamos que nem a Marina Lima na música Eu Te Amo Você.
    Na época que esta música surgiu, nós os professores quase "tivemos um filho" (att.: é uma expressão apenas, quer dizer que sua reação é extrema). Depois, pensando bem, muitos de nós - professores - (vou dizer que o prof Pasquale teve uma parcela de ajuda muito grande) começamos a ver de outro modo. No final fica até enfático e resolve o problema do uso do você sem tirar o hábito do te. É claro que é uma licença poética e que só usamos quando estamos fazendo uma referência à música : eu te amo você. Fora isto será sempre:
    eu te amo, para falantes de tu e de você.
     
  8. Outsider Senior Member

    Portuguese (Portugal)
    You do in Southern Brazil, I believe.
     
  9. CariocaNYC

    CariocaNYC New Member

    New York NY
    Brazil - Portuguese
    O pior é que misturamos também o imperativo. Por exemplo, em
    usamos puramente a segunda pessoa. "Possa deixar" soaria bem estranho, enquanto que "eu lhe pego em casa" nem tanto.

    Para completar, na hora de usar o imperativo negativo, não respeitamos nem segunda nem terceira pessoas: "não faz isso, Joãzinho." Acho que saí um pouco do tópico, mas acho também que isso pode ajudar a entender o contexto da salada que fazemos com teu/tua/seu/sua.
     
  10. Outsider Senior Member

    Portuguese (Portugal)
    Mas olhe que na frase «Pode deixar, eu te pego em casa» não há nenhum verbo no imperativo... :)

    Pode -- 3.ª pes. sg. presente do indicativo
    Deixar -- infinitivo
    Pego -- 1.ª pes. sg. presente do indicativo
     
  11. CariocaNYC

    CariocaNYC New Member

    New York NY
    Brazil - Portuguese
    Hummm, tem razão. Me confundi por causa da equivalência prática de "pode deixar" com "deixa comigo", este último no imperativo (2a pessoa).

    Mas a minha observação quanto ao uso do imperativo ainda vale.
     

Share This Page