1. The WordReference Forums have moved to new forum software. (Details)

Verbo "pode" composto.

Discussion in 'Português (Portuguese)' started by Douglas de Macedo, Jan 6, 2013.

  1. Douglas de Macedo Junior Member

    português
    Tanto faz dizer: talvez pudesse vir amanhã.
    Talvez ele possa vir amanhã.
    Talvez isso possa me ajudar.
    Talvez isso pudesse me ajudar.

    “Fiz isso para ver se ajudava.” Esta frase está correta. Ou nesse caso pede subjuntivo?

    Fiz isso para ver se talvez pudesse ajudar.
    Fiz isso para ver se talvez ajudasse.

    Todas estão corretas? Com o verbo pudesse há um sentido diferente?

    Muito Obrigado.
     
  2. J. Bailica Senior Member

    Portugal
    Português - Portugal
    Por favor note que o que escrevi a azul é apenas a minha leitura e a minha opinião. Apesar do meu tom (aparentemente) categórico, trata-se mais de uma sortida de archeiro do que de uma montaria de coutada. :)
     
  3. Douglas de Macedo Junior Member

    português
    Muito obrigado, J. Bailica.

    Na primeira acho que estás falando que a frase sem redundância seria assim: talvez venha amanhã.

    Tu escreveste:

    Fiz isso para ver se talvez pudesse ajudar. «Para ver se» e «talvez» não combinam bem, pelo menos sem um par de vírgulas, na minha opinião; mas é irrelevante, pois eu escreveria assim, sem dúvida: «Fiz isso para ver se (,talvez,) poderia / podia ajudar».

    Quando colocasse as vírgulas, deixa de ser necessário a flexão de subjuntivo? Isto é, “talvez” pede subjuntivo, mas, entre vírgulas, ele não tem esse efeito?

    Muito obrigado.
     
    Last edited: Jan 7, 2013
  4. Douglas de Macedo Junior Member

    português
    Acrescentando…
    Em qual situação você usaria o “pudesse”?
     
  5. J. Bailica Senior Member

    Portugal
    Português - Portugal
    Não querendo aumentar mais ainda a confusão que eu próprio ajudei a criar, tentarei só clarificar isto: "Talvez" e "poder", em diferentes tempos e modos, e dependendo do contexto ou da frase em concreto, podem de fato tornar-se algo redundantes - o que não é necessariamente errado. Mas não foi isso que, a propósito da primeira frase, eu quis dizer. Na verdade, eu referia-me à minha própria explicação, a azul, em que acabo por dizer algo como "pode ser possível", e aqui sim, tive necessidade de dizer «passe a redundância» [ou seja, desculpem-me esta minha redundância].

    Só para clarificar isto. Agora não tenho tempo para mais, lamento. Depois tentarei explicar com exemplos as outras questões, na medida das minhas possibilidades (eu sou apenas um pobre leigo, também!).
     

Share This Page