«Quem diria» — exclamativa ou interrogativa?

< Previous | Next >
  • Carfer

    Senior Member
    Portuguese - Portugal
    Ambas, habitualmente comporta as duas. Em todo o caso penso que é mais exclamativa do que interrogativa, porque traduz, sobretudo, espanto.
     

    pfaa09

    Senior Member
    Portugal - Portuguese
    Lembrei-me agora de situações para cada uma das frases.
    Exclamação - Quando falamos para nós mesmos por algo que nos surpreendeu.
    Interrogação - Quando esse espanto é dirigido a outra ou outras pessoas presentes. Parece que pedimos concordância aos outros.
     

    Ari RT

    Senior Member
    Português - Brasil
    De um ponto de vista meramente gramatical eu diria que é uma interrogação, havendo ou não o "?"
    No entanto significa, salvo exceções eventuais (não que me ocorra alguma de momento, mas fica a ressalva), uma exclamação: Ninguém diria!
    - choveu a semana toda e hoje faz sol. Quem diria!
    - choveu a semana toda e hoje faz sol. Quem diria?
    significam a mesma coisa: ninguém saberia que hoje faria sol, por isso ninguém ousaria fazer tal afirmação.

    - Quem diria que aqueles dois um dia estariam casados?
    significa que é uma surpresa que estejam casados, nenhuma pessoa o diria.

    - Chegamos ao fim do mês e ainda tenho dinheiro. Quem diria...
    idem.

    Funciona até com um peremptório ponto final:
    - Você aqui na minha casa? Quem diria.
     

    Fernando de Carvalho

    Senior Member
    Brazilian - Brazil
    De um ponto de vista meramente gramatical eu diria que é uma interrogação, havendo ou não o "?"
    No entanto significa, salvo exceções eventuais (não que me ocorra alguma de momento, mas fica a ressalva), uma exclamação: Ninguém diria!
    - choveu a semana toda e hoje faz sol. Quem diria!
    - choveu a semana toda e hoje faz sol. Quem diria?
    significam a mesma coisa: ninguém saberia que hoje faria sol, por isso ninguém ousaria fazer tal afirmação.
    Quiçá a forma exclamativa seja uma corruptela de «ninguém diria»? Bueno.
     

    Vanda

    Moderesa de Beagá
    Português/ Brasil
    Eu vejo como uma surpresa e admiração ao mesmo tempo.
    "Quem diria que você chegaria a tempo! ". "Não acredito que, apesar de tudo, você tenha conseguido chegar a tempo!"
    Acho que vai mais do meu contexto, mas, de qualquer modo, exclamativa ou interrogativa, envolve sempre uma surpresa. Vou com os dois marcadores mesmo. (?!).
     

    Ari RT

    Senior Member
    Português - Brasil
    Não vejo "quem" como forma corrompida de "ninguém", no sentido fonético. É provável que não tenha sido essa a intenção do Fernando, mas é bom que fique anotado para futura referência. O forum pode ser consultado por pessoas que querem aprender Português e devemos evitar causar confusão.
    Frequentemente usamos o quem para significar "nenhuma pessoa". Mas é o "quem" mesmo.
    - Quem é que sabe em que vai dar a próxima eleição!
    quer dizer que não há "quem" saiba, não há "aquele" que saiba, não existe "o" / "a" que saiba. Aquele, o, a, são determinantes. Determinam uma palavra "pessoa" implícita.
    - Ah, quem me dera ir-me, quem me dera amar-te...
    = se eu pudesse, se me fosse permitido, iria, amaria => não existe aquele que tenha o poder de permitir.
     

    Fernando de Carvalho

    Senior Member
    Brazilian - Brazil
    Eu vejo como uma surpresa e admiração ao mesmo tempo.
    "Quem diria que você chegaria a tempo! ". "Não acredito que, apesar de tudo, você tenha conseguido chegar a tempo!"
    Acho que vai mais do meu contexto, mas, de qualquer modo, exclamativa ou interrogativa, envolve sempre uma surpresa. Vou com os dois marcadores mesmo. (?!).
    Então seria o caso de se usar interrobang (‽), rs.
     
    < Previous | Next >
    Top