Ó meu

Antonio d'Oliveira

Senior Member
Português - Brasil
Quem mora em São Paulo, está cansado de ouvir essa gíria. Mas agora escutei uma música portuguesa dum título assim "Qual é a tua, ó meu?", o que é duplamente paulista. Aos portugueses, eu queria perguntar: onde é que se ouve isso? Qual região?
 
  • Carfer

    Senior Member
    Portuguese - Portugal
    É geral, sem região determinada, e também relativamente recente. Diria que tem menos de meio século. Não lhe sei dizer de onde veio ou como apareceu, mas só me apercebi do uso, limitado às camadas jovens da época e bastante coloquial, depois da descolonização, com os retornados de África. Pode não ter relação, é apenas uma impressão minha. O âmbito e o registo mantêm-se. Quanto a uma possível influência brasileira, diria que era reduzida à época em que o uso surgiu.
     

    Antonio d'Oliveira

    Senior Member
    Português - Brasil
    É geral, sem região determinada, e também relativamente recente. Diria que tem menos de meio século. Não lhe sei dizer de onde veio ou como apareceu, mas só me apercebi do uso, limitado às camadas jovens da época e bastante coloquial, depois da descolonização, com os retornados de África. Pode não ter relação, é apenas uma impressão minha. O âmbito e o registo mantêm-se. Quanto a uma possível influência brasileira, diria que era reduzida à época em que o uso surgiu.
    Mas hoje em dia, usa-se só por jovens?
     

    Carfer

    Senior Member
    Portuguese - Portugal
    Os jovens de hoje, não sei. Alguém da minha idade ou mesmo algumas décadas mais novo, só usará a expressão se e quando cantar a canção do José Mário Branco que a popularizou fora das camadas jovens. Mesmo entre jovens desse tempo, só mesmo em tom muito coloquial e em ambiente completamente informal.
     

    englishmania

    Senior Member
    Português Europeu
    Acho que ainda se usa, mas nem sempre com a interjeição "ó".

    Ei, meu/pá/mano, não me digas isso! (entre amigos)

    Mas o que é que tu queres, meu/pá?! (entre 'inimigos')
     

    Antonio d'Oliveira

    Senior Member
    Português - Brasil
    Ó meu não significaria Olha, meu?
    No Brasil, como vocativo sempre ouvi ô...

    ô moço
    -oi?
    Ô meu é uma gíria paulistana que quer dizer "meu colega/meu amigo", geralmente usada para repreender a atitude de algum amigo, ou estranho que lhe seja mal educacado.

    Exemplos clássicos:
    Está louco, ô meu?!
    Qual é a sua, ô meu?!
     

    Antonio d'Oliveira

    Senior Member
    Português - Brasil
    Na minha experiência, a gíria quase nunca vem acompanhada de "ô". "meu" é vocativo simplesmente.
    No caso, é a variante de Portugal. A paulista normal tem a vogal fechada.

    Às vezes, há essa vogal; às vezes, não.

    Há também o famoso "Ô loco, meu!", de Faustão que é paulista.

    Acho que ainda se usa, mas nem sempre com a interjeição "ó".

    Ei, meu/pá/mano, não me digas isso! (entre amigos)

    Mas o que é que tu queres, meu/pá?! (entre 'inimigos')
    Interessante. Em alguns lugares de São Paulo, diz-se "pode pá". Também não sabia que aí se usava "mano".
     

    Nonstar

    Senior Member
    Nheengatu/il linguaggio del corpo
    Você pode sempre usar somente "ô!" para dirigir-se a quem quer que seja, e se alguém se vira em resposta ao seu "honorífico" "ô", você lhe(s) dirigirá a palavra e dirá assim: "seu nome é ô?"
     
    < Previous | Next >
    Top