Duas comemorações: Anne e a Revolução dos Cravos!

Vanda

Moderesa de Beagá
Português/ Brasil
Bonita data, hein, Nanon? Viu que deu até título de romance?!

Aos lusos: nós entendemos o que é ficar livre da tirania.
Um dia todo vermelho com rosas (Anne) e cravos (lusos) para vocês!
 
Last edited:
  • swift

    Senior Member
    Spanish – Costa Rica (Valle Central)
    Qué pedazo de título, sí. Me encanta.

    Para el prólogo, una biografía de nuestra heroína. Un primer capítulo que enganche, con un misterioso jardinero obsesionado con los claveles... Pero me estoy distrayendo. :p

    Feliz día, Anita y que lo pases muy bonito. Con arepitas y música, de ser posible.
     

    Nanon

    Senior Member
    français (France)
    Queridos amigos:

    Con arepas no sé, pero hoy me estoy dando una fiesta con el hilo del tedio. Tremendo regalo. Pero tendré que volver a trabajar, y les aseguro que no me aburro.
    José, ya que tienes todos los ingredientes para escribir una novela ¿te animas?

    Eu estava com dez anos naquele dia. Alguém da minha família deve ter dito: "Vai lembrar para sempre". Coisas do destino...

    Mil beijos!
     

    marta12

    Senior Member
    português
    Parabéns Nanon, um resto de dia feliz.
    Um beijo para ti.

    Nunca poderei esquecer a alegria, o ter estado em cima de um tanque no Largo do Carmo e as balas pelos oa ares que partiam do Convento, os militares que nos queriam ver longe dali, sem ainda ninguém, nem nós civis nem eles militares, ter percebido que com tanta gente no meio deles, Marcelo Caetano não se defenderia, não haveria um banho de sangue.
    E mais tarde as flores nas mãos deles e nos canos das espingardas; flores de todos os tipos, apesar de terem sido os cravos que ficaram na memória.

    Beijinho pela lembrança.
     

    Carfer

    Senior Member
    Portuguese - Portugal
    Como dizia o Chico Buarque,
    "Foi bonita a festa, pá
    fiquei contente
    ainda guardo renitente
    um velho cravo para mim.

    Já murcharam tua festa, pá
    mas certamente
    esqueceram uma semente
    nalgum canto de jardim."

    Hoje choveu e ventou todo o dia em Lisboa. É, a festa murchou. Mas ao menos, enquanto esperamos que essa sementinha germine, festejemos a Anne...e a vida.
     
    Top