Estar/ficar puto

Sonhadora

Senior Member
Russian
Olá aos foreiros!
A minha pergunta é se a expressão "estar/ficar puto" passa da gíria e é obscena ou pelo menos ofensiva?
Ou seja, até que grau "ficar com raiva, ficar bravo" são substituíveis por "ficar puto"?
Obrigada
 
  • Ari RT

    Senior Member
    Português - Brasil
    Sim, no Brasil é ofensiva. Tem sido vulgarizada, perdendo pouco a pouco esse caráter de calão, mas ainda não é algo que se diga entre pessoas desconhecidas ou em registro formal.
    Temos no Brasil um apresentador de televisão que usa e abusa dela, mas não me parece que seu (dele) uso tenha se constituído em licença para que todos venham a usá-la indiscriminadamente.
     

    Carfer

    Senior Member
    Portuguese - Portugal
    É calão, mas não creio que seja obscena nem ofensiva em Portugal. Embora o sentido não seja o mesmo, é comum designar informalmente os miúdos e jovens e até mesmo os próprios filhos por 'putos'. De tão frequente que é, o termo 'puto' perdeu toda a conotação obscena e ninguém o associa com o correlativo feminino, esse sim injurioso. Suponho que essa tolerância se estendeu a outras expressões em que figura, como essa, sem prejuízo de 'ficar puto' ser de uso bastante menos frequente.
     

    patriota

    Senior Member
    pt-BR
    Quem pensa na expressão, mas quer evitar a palavra, pode abreviá-la para p.: "Fiquei pê da vida naquela hora e mandei o homem pra 'ponte que caiu'".
     

    Guigo

    Senior Member
    Português (Brasil)
    No Brasil, a palavra "puta" como aumentativo: "puta dor", "puta mágoa", "puta gripe", entrou no cotidiano e até vovós falam. Parece que começou em São Paulo e espalhou-se pelo país. Detalhe é que, como advérbio, não declina em gênero: "estou com um puta resfriado".
     

    Sonhadora

    Senior Member
    Russian
    Quem pensa na expressão, mas quer evitar a palavra, pode abreviá-la para p.: "Fiquei pê da vida naquela hora e mandei o homem pra 'ponte que caiu'".
    Será que "pistola" também surgiu como eufemismo de "puto"? "Estar/ficar pistola"
     

    Vanda

    Moderesa de Beagá
    Português/ Brasil
    Gente, eu que não sou de usar certos calões, já uso 'ficar puto', preferivelmente eu digo: ficar pê da vida... portanto, podem usar sem medo no meio de amigos.
     

    Carfer

    Senior Member
    Portuguese - Portugal
    No Brasil, a palavra "puta" como aumentativo: "puta dor", "puta mágoa", "puta gripe", entrou no cotidiano e até vovós falam. Parece que começou em São Paulo e espalhou-se pelo país. Detalhe é que, como advérbio, não declina em gênero: "estou com um puta resfriado".
    Houve um tempo, que não sei se ainda perdura (julgo que sim), em que 'puto' servia informalmente de advérbio em Portugal para enfatizar a negação: 'Não percebo/ não sei/ puto disto'.
     
    < Previous | Next >
    Top