"gato-pingado"

ESustad

Senior Member
English - (Minnesota)
"Tem uns gatos-pingados," in the context of a roadblock in the launch of a business venture. Correspondents are both Brazilian. One of my colleagues is Paulistano, and stumped by the expression as well.
 
  • mglenadel

    Senior Member
    Brazilian Portuguese
    If I may ellaborate, the "gato" part means simply "people" (not for everything, but in a metaphoric sense), and "pingados" comes from "respingados", (scattered about, like paint droplets on the floor after painting a room).
     

    ESustad

    Senior Member
    English - (Minnesota)
    Obrigado pela acolhida!


    Esta é uma expressão maravilhosa. Existe algum significado entre o uso do singular e do plural - gatos-pingados? Podem-se ser usados de forma intercambiável?
     

    Vanda

    Moderesa de Beagá
    Português/ Brasil
    Sim, veja o que o dicionário diz da origem da palavra:
    Indivíduo que acompanhava os enterros a pé com archote ou tocha na mão; farricoco: Sou doutor, sou médico, boticário, cirurgião, enfermeiro, gato-pingado, coveiro, quanto quiserem. ( Castilho. ) O que destapara o caixão tinha-se posto a chamar um dos gatos-pingados... a que viesse ajudá-lo a tirar a defunta para a cova. (Fialho, Pais das Uvas, p. 299, ed. 1929.)
    || Diz-se das poucas pessoas que comparecem a alguma reunião, espetáculo ou agrupamento. || Pessoa sem importância, joão-ninguém.


    Read more: http://aulete.uol.com.br/gato-pingado#ixzz2fFiCmPCj
     

    Carfer

    Senior Member
    Portuguese - Portugal
    Acho que é comum a Brasil e Portugal e o mais certo é que também se use nos demais países lusófonos. Aqui também significa quer o agente funerário (o 'cangalheiro'), especialmente o que carrega o caixão, quer um número muito reduzido de pessoas que comparece a uma reunião ('apareceram dois gatos-pingados'), quer ainda um sujeito insignificante (o 'zé-ninguém').
     

    Áskera

    Senior Member
    Spanish - Puerto Rico
    If I may ellaborate, the "gato" part means simply "people" (not for everything, but in a metaphoric sense), and "pingados" comes from "respingados", (scattered about, like paint droplets on the floor after painting a room).
    Oi, pessoal!
    Se isto for de contribuição, lendo um texto intitulado “A cultura do Pau-Brasil” (Mário Moscatelli), vejo que quando não falamos de pessoas dizemos apenas “pingados”:

    Agora, no Brasil, se decretam os santuários ecológicos, onde ninguém pode entrar nem para respirar ali dentro.
    Uma reserva só sobrevive com um sistema auto-sustentável, com ecoturismo, com uma atividade devidamente avaliada para não causar expressivos impactos e pagar toda a fiscalização necessária.
    Tem fiscalização ali? Na prática, não tem. Tem uns pingados para constar.


    Ou por acaso “gatos-pingados” é possível também neste contexto?
     

    mglenadel

    Senior Member
    Brazilian Portuguese
    Oi, pessoal!
    Se isto for de contribuição, lendo um texto intitulado “A cultura do Pau-Brasil” (Mário Moscatelli), vejo que quando não falamos de pessoas dizemos apenas “pingados”:

    Agora, no Brasil, se decretam os santuários ecológicos, onde ninguém pode entrar nem para respirar ali dentro.
    Uma reserva só sobrevive com um sistema auto-sustentável, com ecoturismo, com uma atividade devidamente avaliada para não causar expressivos impactos e pagar toda a fiscalização necessária.
    Tem fiscalização ali? Na prática, não tem. Tem uns pingados para constar.


    Ou por acaso “gatos-pingados” é possível também neste contexto?
    Nesse caso, não. O "pingados" tem o mesmo sentido (espalhados, esparsos, poucos), mas o "gatos" designa pessoas. Na frase "tem uns pingados para constar" significa que há apenas alguns poucos episódios de fiscalização, esparsos.
     
    Next >
    Top