história de encantar/conto de fadas

CarlitosMS

Senior Member
Spanish - Spain
Olá a todos

Gostava de saber a diferença de nuance, mesmo que fosse muito subtil ou ligeira, entre os termos "história de encantar" e "conto de fadas".

Contexto:
Os contos de fadas/As histórias de encantar nunca se caracterizaram pela sua credibilidade, já que o seu público-alvo são as crianças.

Um abraço e um óptimo fim-de-semana e início do verão
Carlos M.S.
 
  • Alisson Pereira

    Senior Member
    Portuguese - Brazil
    Gostava de saber==>Gostaria de saber.
    Em minha opinião não há muita diferença. Mas achei isso.

    M. Darcy Ribeiro
    Blog da Escola Municipal Darcy Ribeiro - São José do Rio Preto

    De origem celta, os Contos de Fadas têm geralmente um herói ou uma heroína que tenta vencer obstáculos ou provas para alcançar a sua auto-realização. Muitas vezes, a aventura da busca parte de uma metamorfose ou de um encantamento. Exemplos de contos de fadas: “Cinderela’’, ’’Branca de Neve e os Sete Anões’’, ‘’Chapeuzinho Vermelho’’e “Bambi’’.
    Já os Contos Maravilhosos têm a sua origem nas narrativas orientais. Diferentes dos contos de fadas, a sua problemática é social: o herói ou anti-herói encontrará a auto-realização na conquista de bens e poder material, como em ‘’Ali Babá e os Quarenta Ladrões”. A aventura da busca parte, geralmente, da necessidade de sobrevivência física ou miséria dos protagonistas. Outros contos maravilhosos: “As Mil e Uma Noites”, Aladim e a Lâmpada Maravilhosa’’,’’As Sete Viagens de Simbá’’, ‘’O Marinheiro’’, dentre outros.
     

    Carfer

    Senior Member
    Portuguese - Portugal
    Independentemente de outras diferenças que porventura tenham, a expressão 'contos de fadas' pode ser usada ironicamente para pôr em causa a verdade de algum relato, coisa que nunca vi acontecer com os 'contos/histórias/ de encantar'. Pessoalmente, tendo a não fazer diferença de género, mas também é verdade que não me deparo com essas histórias com frequência suficiente para que a questão da distinção se me ponha.
     

    CarlitosMS

    Senior Member
    Spanish - Spain
    Um pequeno contexto para perceber a expressão "histórias de encantar":
    Eu não tenho nada mais p'ra te dar
    Esta vida sao dois dias e um é para acordar
    Das histórias de encantar
    Das histórias de encantar
    (Viagens, Pedro Abrunhosa - 1994)
     

    Carfer

    Senior Member
    Portuguese - Portugal
    Um pequeno contexto para perceber a expressão "histórias de encantar":
    Eu não tenho nada mais p'ra te dar
    Esta vida sao dois dias e um é para acordar
    Das histórias de encantar
    Das histórias de encantar
    (Viagens, Pedro Abrunhosa - 1994)
    Julgo que, nesse caso, o sentido é figurado, refere-se a uma visão cor-de-rosa da vida, às ilusões que a vida nos vai tirando. 'Acordar de uma história de encantar' é cair na realidade.

    Se ele tivesse usado o nome comum, não teria "rima". :)
    É verdade, a rima é certamente uma das razões, mas 'histórias de encantar' não tem nada de forçado no português daqui e, neste contexto, é mais facilmente compreendido do que a alternativa 'contos de fadas'.
     

    englishmania

    Senior Member
    Português Europeu
    Para mim, são a mesma coisa.... Talvez associe as histórias de encantar mais a fantasia e os contos de fadas a princesas e histórias perfeitas.

    Só encontrei dicionarizada a expressão "conto de fadas", mas em Portugal ambas se usam.

    Talvez se use "conto de fadas" mais frequentemente, nomeadamente para se referir a um momento mágico/perfeito - "parecia um conto de fadas".
     
    Last edited:
    < Previous | Next >
    Top