"in" como "de", "do", "da" em determinados contextos

milkk

New Member
Português
Por exemplo,

"Few words in Scripture are more familiar to us."

É lícito traduzir a frase como "Poucas palavras das Escrituras nos são mais familiares"?

A frase com "das" parece-me mais normal do que se eu a traduzisse com "nas".

A frase original soa-me perfeitamente vernacular para uma frase em inglês. Mas creio que em português, se não se tratasse de tradução, se algum de nós simplesmente quisesse afirmar alguma coisa nesse sentido, nós usaríamos a preposição "de". "Poucos versículos da Bíblia me são mais caros." "Poucos versos da Ilíadas são mais inspirados."

E não "poucos versículos *na* Bíblia", "poucos versos *na* Ilíada".

Parece-me, em suma, que as frases como a frase em questão soam mais vernáculas com a preposição "de" e não "em". Tanto que volta e meia, de fato, traduzo o "in" como "de" nesses contextos.

Estou enganado? Estou viajando? Estou sendo detalhista demais?
 
  • Igor Santos

    New Member
    Português - Brasil
    Quanto à compreensão, pode ser que o sentido da oração passe compreendida durante a interpretação do texto. No entanto, ao mudar da preposição "de", existida na contração "da" (de + a), para "em", existida na contração "na" (em + a), muda o sentido da oração. Enquanto "de" traz o sentido de posse, o "em" traz o sentido de local.

    Vou mostrar para você que, alternando a preposição, eu posso obter mais de um sentido:

    Eu vou de carro <--- Meio
    Eu vou no carro <--- Local
    Eu vou até o carro <--- Direção

    Vale lembrar que a preposição não é fixa para o sentido. Tudo irá depender do texto e da ocasião. Como o "de" que ora é meio ora é origem: Eu sou "de" Santa Catarina.

    Então, você não está sendo muito detalhista. É importante ter esta percepção eminente. O sentido não está no grosso do texto, mas, sim, na entrelinhas que deixamos escapar.
     
    Last edited:
    < Previous | Next >
    Top