Leões-de-chácara

< Previous | Next >
  • Macunaíma

    Senior Member
    português, Brasil
    Chácara é uma pequena propriedade no campo, mantida geralmente para o lazer dos proprietários, que moram na cidade e passam lá temporadas. Tornaram-se muito comuns no Brasil a partir do início do século XIX, quando grande parte da aristocracia rural da época se transferiu para a cidade. Nessas chácaras mais antigas, que trazem características marcantes da arquitetura luso-brasileira, era comum que a entrada fosse constituída de portões de ferro sustentados por colunas azulejadas, no topo das quais se colocavam esculturas. As mais comuns eram justamente as de leões, que ali ficavam como que "guardando" a propriedade e como que simbolizando a "força" e a nobreza da família proprietária. Daí surgiu a expressão leão de chácara para designar, meio que jocosamente, os guardas que fazem a segurança da entrada de algum local ou evento e que ficam imóveis com uma pose séria.

    .
     

    Cineclubista

    Senior Member
    Brazil, Portuguese
    Chácara é uma pequena propriedade no campo, mantida geralmente para o lazer dos proprietários, que moram na cidade e passam lá temporadas. Tornaram-se muito comuns no Brasil a partir do início do século XIX, quando grande parte da aristocracia rural da época se transferiu para a cidade. Nessas chácaras mais antigas, que trazem características marcantes da arquitetura luso-brasileira, era comum que a entrada fosse constituída de portões de ferro sustentados por colunas azulejadas, no topo das quais se colocavam esculturas. As mais comuns eram justamente as de leões, que ali ficavam como que "guardando" a propriedade e como que simbolizando a "força" e a nobreza da família proprietária. Daí surgiu a expressão leão de chácara para designar, meio que jocosamente, os guardas que fazem a segurança da entrada de algum local ou evento e que ficam imóveis com uma pose séria.

    .
    Salve!

    Caro Macunaíma, uma dúvida: essas informações são de sua inteira criação e responsabilidade ou você se valeu de alguma fonte? E uma observação: segundo Houaiss, a grafia melhor é "leão-de-chácara".

    Um abraço!
     

    Vanda

    Moderesa de Beagá
    Português/ Brasil
    Neste texto sobre Oswaldo Cruz, por exemplo, você encontra uma referência a isso:
    No portal de entrada, situado – ironia – na rua da Princesa, o ornamento que dá nome ao lugar: em vez dos leões, comuns nas entradas das chácaras (e daí a expressão leão-de-chácara), há uma cabeça de suíno – que também adquirirá notoriedade: daí em diante cortiço e cabeça-de-porco serão sinônimos.
     

    Macunaíma

    Senior Member
    português, Brasil
    Salve!

    Caro Macunaíma, uma dúvida: essas informações são de sua inteira criação e responsabilidade ou você se valeu de alguma fonte? E uma observação: segundo Houaiss, a grafia melhor é "leão-de-chácara".

    Um abraço!
    Eu lia Gilberto Freyre na faculdade, enquanto o resto da turma só lia os resumos:D. Você encontra um detalhado estudo sobre a arquitetura patriarcal (expressão de Freyre) no Brasil em Casa Grande & Senzala, Sobrados & Mucambos e Ordem & Progresso.

    P.S.: Faz o favor, você pode ver aí no Houaiss pra mim se Casa Grande tem hífem? Obrigado :)
     

    klavatelli

    New Member
    Argentina español
    Muito obrigado a toudos!
    A verdade, agora mesmo eu não estudo português, pórem é uma língua da que gosto muito desde o tempo que morei no Brasil.
    Agora compreendo o significado dessa expressão, "leão-de-chácara".
    De novo, muito obrigado!
     

    Macunaíma

    Senior Member
    português, Brasil
    Se a capa de seu exemplar não estiver muito desgastada, você pode verificar que no título da obra de Gilberto Freire está "Casa-grande", com hífen (com "n"), que é como Houaiss registra.
    Hmmm... Realmente! Muito embora ainda não tivesse hífen na primeira edição (herdei um exemplar do meu avô, que teve o privilégio de conhecer Freyre, mas confesso que não foi por isso que errei), Casa-Grande, de fato, tem hífen, o que nos leva a indagar: e Ele, parecia se importar?

    De qualquer forma, obrigado pela laboriosidade com que zela pelo que de fato é importante neste fórum.

    Abraço

    Macunaíma
     
    < Previous | Next >
    Top