Não dê brecha ao azar

< Previous | Next >
  • pfaa09

    Senior Member
    Portugal - Portuguese
    Uma brecha é um espaço muito pequeno. É aquele espaço que se deixa numa porta ou janela para espreitarmos sem sermos vistos.
    É muito usado metaforicamente para situações como a que trazes.
    saludos.
     

    Ari RT

    Senior Member
    Português - Brasil
    Há um matiz. Azar em PT é sempre "má sorte", enquanto em ES pode ser apenas "acaso", sem ter necessariamente más consequências. Uma tradução mais exata de azar (PT) ao ES seria "mala suerte". Temo que um hispanohablante, ao ouvir "dejar [algo] al azar", entenda "deixar ao acaso", permitir que a aleatoriedade determine o resultado de um processo. Já o lusófono entenderia "não permitir que uma força maligna - a má sorte, a bruxa, o azar - interfira."
     

    jazyk

    Senior Member
    Brazílie, portugalština
    Azar em PT é sempre "má sorte",
    Sempre é uma palavra perigosa quando se trata de língua. A terceira acepção de azar no Aulete é de sorte, acaso, e foi com este sentido que interpretei Não dê brecha ao azar, expressão que nunca tinha visto antes, quando a li neste fórum. Os jogos de azar não são de má sorte, mas dependem do acaso para a vitória de uma das partes.
     

    gato radioso

    Senior Member
    spanish-spain
    Eu já pensei nisso que dizem, mas achei a frase curta de mais para poder afirmar nada sem ter mais contexto, já que ao parecer é também possível ter esta palavra o mesmo significado em português do que em espanhol, embora não seja o mais comum. Se tivéssemos algum contexto, seguramente o sentido seria alguma coisa como "No des ninguna posibilidad/no dejes ningún resquicio a la mala suerte/a la mala pata" ou similar. O que é absolutamente certo é que "azar" em espanhol é só acaso, é uma palavra neutra, não tem nenhuma nuance negativa, como já bem disse o Ari.
     

    Cainejo

    Senior Member
    Español-España
    Temo que um hispanohablante, ao ouvir "dejar [algo] al azar", entenda "deixar ao acaso"
    Bons esclarecimentos, Ari; quanto ao espanhol acontece que as expressões propostas são as usadas nesse contexto. É certo que em espanhol é possível dizer "el destino del viaje lo dejo al azar", sendo que não temos medo do resultado. Mas se alguém tem um objectivo e outra pessoa lhe diz "no dejes nada al azar", "no dejes resquicio al azar", sempre entendemos que se fala de coisa ruim que venha estragar os planos, mesmo por medo ao descontrolado. Eu nunca diria: "no dejes espacio a la mala suerte". Já a expressão em português, não sei dizer.
     

    jazyk

    Senior Member
    Brazílie, portugalština
    Engraçado: não dê brecha ao azar aparece só cinco vezes na internet, e uma delas é precisamente aqui.
     

    Ari RT

    Senior Member
    Português - Brasil
    Sempre é uma palavra perigosa quando se trata de língua. A terceira acepção de azar no Aulete é de sorte, acaso, e foi com este sentido que interpretei Não dê brecha ao azar, expressão que nunca tinha visto antes, quando a li neste fórum. Os jogos de azar não são de má sorte, mas dependem do acaso para a vitória de uma das partes.
    Tem razão, retiro o “sempre”. Predominantemente?
     
    < Previous | Next >
    Top