nod and commit to damnation/offline, some...

Maria Leopoldina

Senior Member
Brazil, portuguese
Olá!

O assunto é comentários sobre discursos. Tenho duas dúvidas no texto. Poderiam colaborar?

There are many times when we've witnessed very senior executives at the helm of organizations who know, absolutely know (even if they're not told), that what they have just delivered is poor or less than good. Sometimes they ask how their speech was and the acolytes nod and commit to damnation with faint praise. Offline, some get told that they "could have done better". But what a waste of opportunity"

Vimos, em muitas ocasiões, executivos de grande experiência, que estão no comando de empresas, que sabem, indubitavelmente (mesmo que ninguém lhes diga), que o discurso que acabaram de fazer é medíocre ou insatisfatório. Às vezes, eles perguntam o que acharam do discurso, e os assessores dão um aceno de aprovação.......... e fazem tímidos elogios. .............que ele "poderia ter se saído melhor". Que desperdício de oportunidade!

Sugestões e modificações serão bem-vindas. Obrigada.
 
  • Brass

    Senior Member
    Portuguese (Brazilian)
    Oi, Maria.
    Eu faria como segue:

    Em muitas ocasiões, vimos executivos de grande experiência no comando de empresas, que sabem, indubitavelmente sabem (mesmo que ninguém lhes diga), que o discurso que acabaram de fazer ficou entre o fraco e o insatisfatório. Às vezes, eles perguntam como foi seu discurso, e os assessores acenam em aprovação, condenando-se ao inferno, ao fazer-lhe vagos elogios. Em particular, alguns são informados de que "poderiam ter feito melhor". Mas que desperdício de oportunidade!"
     
    < Previous | Next >
    Top