Outrem -- somebody else?

< Previous | Next >

curlyboy20

Senior Member
Peruvian Spanish.
Mais uma perguntinha :)

A palavra portuguesa "outrem" é o equivalente à palavra inglesa "somebody else"?? Se for assim, poder-se-ia usar "outrem" cada vez que em inglês se usa "someone else"? Por exemplo:

This books belongs to someone else. Este livro pertence a outrem.
I will talk to someone else about it. Falarei com outrem sobre isso.
Will you give the car to someone else? Você vai dar o carro a outrem/alguém mais?

Fico grato a quem me possa ajudar!
 
  • madureb

    New Member
    Portuguese - Brazil
    É, o sentido é esse mesmo.
    Porém é bem formal. No cotidiano, ao menos por aqui, usamos "outra pessoa".
     

    curlyboy20

    Senior Member
    Peruvian Spanish.
    Vanda, deparei com uma discussão sobre "outrem" no forum Español-Português e aí se falou algo sobre filosofia. Mas não achei o que procurava (o uso de "outrem" em português) então resolvi fazer um thread aqui. :)
     

    pedrohenrique

    Senior Member
    Português - Brasil
    bom dia a todos
    Mesmo chegando atrasado na conversa, penso que "outrem" é usado na referência a "outra pessoa", porém de maneira vaga, imprecisa, isto é, sem saber de quem se trata. É como dizer:
    "este livro pertence a outrem", ou "este livro pertence a terceiros".
     

    almufadado

    Senior Member
    Português de Portugal
    Outrem (acordo ortográfico) - Outrém (Pt-pt)
    Apesar do acento em Portugal, é comum dar a acentuação/ênfase no "ou".

    Em Portugal, um assalariado é "um trabalhador por conta de outrem", ou seja trabalha a favor e pago por outra pessoa ou entidade.

    [...] Estes trabalhadores ficam abrangidos pelo regime geral de segurança social dos trabalhadores por conta de outrém com a protecção garantida em todas as eventualidades cobertas por este regime.[...]
    http://www.portaldocidadao.pt/PORTA...vas+dos+trabalhadores+por+conta+de+outrem.htm

    Definitivamente é apenas usado na linguagem mais formal, ainda que não seja um termo esquisito, estranho ou incomum.
     

    almufadado

    Senior Member
    Português de Portugal
    A pronúncia "outrém", embora frequente, está incorrecta, mesmo em Portugal.

    "Outrem" acentua-se como "outro", e não como "alguém".
    Mas certo é que até o Estado Português (inclui as pessoas que escrevem para ele) usam o "outrém" q.b..:)

    [..]"Da Acção de Indemnização por Acidentes de Viação - (01 Janeiro 2006)
    A responsabilidade
    Helder Martins Leitão - Advogado
    ...: «Aquele que, com dolo ou mera culpa, violar ilicitamente o direito de outrem ou qualquer disposição legal destinada a ...... a efectivas e corpóreas lesões causadas a outrém ou em bens por conduta culposa de um agente. ..."[..]

    de http://vlex.pt/tags/o-e-trabalhar-conta-outrem-488614


    Neste caso põem as duas ... na dúvida ...:D


    Um bom artigo sobre "outrém" e "outrem"
     

    Outsider

    Senior Member
    Portuguese (Portugal)
    Esses textos vacilam entre as duas grafias. Mas se for ver ao dicionário só encontra "outrem".
     

    Carfer

    Senior Member
    Portuguese - Portugal
    Mas certo é que até o Estado Português (inclui as pessoas que escrevem para ele) usam o "outrém" q.b..:)

    [..]"Da Acção de Indemnização por Acidentes de Viação - (01 Janeiro 2006)
    A responsabilidade
    Helder Martins Leitão - Advogado
    ...: «Aquele que, com dolo ou mera culpa, violar ilicitamente o direito de outrem ou qualquer disposição legal destinada a ...... a efectivas e corpóreas lesões causadas a outrém ou em bens por conduta culposa de um agente. ..."[..]

    de http://vlex.pt/tags/o-e-trabalhar-conta-outrem-488614


    Neste caso põem as duas ... na dúvida ...:D


    Um bom artigo sobre "outrém" e "outrem"
    Isso é só asneira de quem escreveu o título dessa página web, na qual o Estado português não tem responsabilidade nenhuma. Há leis mal feitas e, nalguns casos, pior escritas, mas felizmente, ainda não é comum encontrar nelas erros de ortografia (e, seguramente, nunca no Código Civil, que é onde pertence o preceito que transcreveu). E, de resto diz-se 'trabalhar por conta de outrem' e não da forma aberrante que esse título parece implicar, que também não encontra, espero, em nenhum texto legal ou documento oficial.
     

    almufadado

    Senior Member
    Português de Portugal
    http://www2.dgeep.mtss.gov.pt/plink...ewSearch=1&SearchTxt="CL 364-6" + "CL 364-6$"


    TRABALHADORES POR CONTA DE OUTRÉM Título: Trabalhadores por conta de outrém : taxas contributivas


    Outro sitio
    http://www.gddc.pt/pesquisa/pesquisa.asp
    Matéria Penal | Nações Unidas | Aviso n.º 19/93, de 26-01-1993 : Convenção para a Supressão do Tráfico de Pessoas e da Exploração da Prostituição de Outrém...
    http://www.gddc.pt/cooperacao/materia-penal/textos-mpenal/onu/av-19-1993.html


    Mais outro
    FPCEUP - Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação >
    http://repositorio.up.pt/aberto/handle/10216/6689
    [...]Os dados da avaliação neuropsicológica (incluindo testes administrados por outrém e o Profile of Mood States – auto-administrado) apoiam a validade dos constructos humor e cognição do QOLIE-89, baseados em auto-relatos (Devinsky et al., 1995).[...]
    http://repositorio.up.pt/aberto/bit...epsia II facilidades na abordagem do tema.pdf

    And it goes on and on ...

    É portanto a uma excepção à regra, em que a silaba tónica nas palavras polisilábicas que não sejam tempos de verbos , terminadas em -em (que não gem, jem) é esse -em.

    Ex: porem (colocarem) - porém (mas)
    contem (somem um a um) - contém (tem dentro)
    alem (levantem) - Além (ali, lá)

    Excepções :
    viagem (viágem)
    pagem

    Este ditongo é dos mais fortes, e as palavras (complementos das frases) nele terminadas dizem-se naturalmente com a ênfase no -em, sendo preciso forçar para dizer "outrem".

    Nota pessoal:Eu aprendi "outrem" mas passei a ficar na duvida quando na segurança social me disseram que eu era "um trabalhador por conta de outrém".
     

    almufadado

    Senior Member
    Português de Portugal
    Outrem é paroxítona, sempre.
    Sempre levei o significado como plural - outras pessoas.
    Já chegamos à conclusão que faz parte das palavras graves, mas não é grave (não tem gravidade :) ).

    "Outrem" não tem plural, e tanto pode referir-se a uma como a duas ou mais pessoas.

    - Se outrem tiver visto o que se passou ... = Se qualquer pessoa/alguém viu o que se passou ...

    - O negócio foi entregue a outrem ! = O negócio foi entregue a outra pessoa/outra empresa !

    - Se vocês não quiserem, outrem pode quer ! = Se vocês não quiserem, outra pessoa pode querer ! = Se vocês não quiserem, outras pessoas podem querer !
     

    Denis555

    Senior Member
    Brazilian Portuguese
    Eu usaria mais com o sentido de "terceiro(s)". Como já foi dito, é formal e pouquíssimo usado.

    Vejamos o que diz o pai "Aurélio":

    outrem
    [Do lat. alteri.]

    Pron.

    1. Outra(s) pessoa(s):

    Foi decidido pelo diretor, e não será por outrem revogado.

    Outrem ninguém. 1. (Antigo) Nenhuma outra pessoa.



    © O Novo Dicionário Aurélio da Língua Portuguesa.
     

    almufadado

    Senior Member
    Português de Portugal
    Eu usaria mais com o sentido de "terceiro(s)". Como já foi dito, é formal e pouquíssimo usado.
    No ramo dos Seguros, num contracto de seguro de "responsabilidade civil", o "terceiro" é que sofre danos provocados pelo "segundo" (o Segurado) pagos pela "primeira" outorgante (a Seguradora).

    O sentido é exactamente o de se um Segurado causar danos a outrem, a Seguradora, ao abrigo de um contracto válido, ressarciará esse "terceiro" .
     

    Carfer

    Senior Member
    Portuguese - Portugal
    Acho que vou dizer uma coisa óbvia, mas 'terceiro' é quem é alheio a uma relação entre duas partes. Não se pode falar de terceiros sem pressupor uma relação a dois.
     
    < Previous | Next >
    Top