preposição + infinitivo (ênclise ou próclise)

Dymn

Senior Member
Olá gente,

Tenho a dúvida de se nestes casos eu teria de usar ênclise ou próclise, e se há alguma regra a seguir.

Creio que nestes casos deve haver próclise (pelo menos os dois primeiros exemplos, apanhei de falantes nativos)
tenho de lhe dizer a verdade
acabou de me acontecer
para se referir a alguém


Pelo contrário, nesta frase que escrevi eu procurei no Google antes de escrever e há mais resultados de ênclise:
não hesitem em partilhá-las

Agradeço desde já :)
 
  • Vanda

    Moderesa de Beagá
    Português/ Brasil
    A regra é:
    .
    preposição antes de verbo no infinitivo:
    Temos satisfação em lhe participar / em participar-lhe a inauguração da fábrica.
    Nas lojas esportivas encontramos o equipamento ideal para nos proporcionar / para proporcionar-nos uma vida sadia.
    Tenho o prazer de lhes falar / falar-lhes sobre a filosofia que norteia nossa instituição.

    Obs. Quando o pronome é a/as, o/os, torna-se preferível a ênclise, p. ex.: Conseguido o divórcio, sentiu-se tentada a enganá-lo (em vez de "a o enganar") na divisão dos bens. / Tenho o prazer de convidá-los a comparecer ao batismo. / Folgo por sabê-los bem.
     

    meencantesp

    New Member
    Portuguese - Brazil
    Pelo que parece, não é mais preciso que eu responda à pergunta. Mesmo assim, gostaria de comentá-la brevemente (queria estender-me mais, mas dessa forma minha resposta iria tornar-se um texto, já que se trata de um tema que eu amo).

    Como dito anteriormente, são possíveis duas construções. Eu, pessoalmente, prefiro que o pronome se posponha ao verbo, em qualquer hipótese, como no castelhano. Aliás, os hispanofalantes tendem a ter menos dificuldades em relação a isso. Na língua deles, usa-se a ênclise somente após verbos no infinitivo, no gerúndio e no imperativo, além de que, pelo fato de eles terem um órgão regulador para assuntos gramaticais, as regras são melhor definidas. Também vale ressaltar que a fala deles é coerente com essas regras, enquanto, no português, elas só fazem sentido, em se tratando de oralidade, em Portugal.
     
    Last edited:

    pfaa09

    Senior Member
    Portugal - Portuguese
    Há sempre mais qualquer coisa a dizer quando o assunto é este, mas, no meu caso, queria apenas lembrar que a colocação pronominal é muito diferente nas variantes brasileira e europeia.
    Quando se aborda esta questão, tem obrigatoriamente de se ter / ter-se isso em conta.
     

    guihenning

    Senior Member
    Português do Brasil
    Chegando atrasado, mas apenas para comentar que embora a ênclise seja a posição normal em Portugal, após preposições, sobretudo "de", eu tenho ouvido próclise atrás de próclise. (isto é, tenho-a ouvido muito).
     
    Last edited:
    < Previous | Next >
    Top