Provérbios portugueses relacionados com o preconceito contra a mulher

Leong Mey K

New Member
Cantonese
Olá,
Português não é a minha língua nativa, e estou a trabalhar com os provérbios portugueses ligados a mulher e gostaria de saber
O que significam as seguintes duas expressões?

1 A mula e a mulher com o pau se quer.
(Implica violência a mulher para a domar?)

2 A mulher e a loba, no escolher.


E diz-se em Portugal “o barco segue o leme, a mulher segue o homem.” ?? (Esta expressão vem da Espanha)

Muito obrigada pela ajuda!!
 
  • patriota

    Senior Member
    pt-BR
    1. Correto, diz que é preciso utilizar um pedaço de pau para domá-las. As outras versões são mais explícitas: "A mula e a mulher, com pancada se quer"; "A mulher e a mula, o pau as cura".

    2. Passa a ideia de que a mulher é como uma loba.

    3. As únicas referências que encontrei na Internet dizem que esse é vietnamita.

    Outro que você pode citar é: "Em briga de marido e mulher, não se mete a colher". Diz para não interferir em brigas de casais.
     

    Leong Mey K

    New Member
    Cantonese
    1. Correto, diz que é preciso utilizar um pedaço de pau para domá-las. As outras versões são mais explícitas: "A mula e a mulher, com pancada se quer"; "A mulher e a mula, o pau as cura".

    2. Passa a ideia de que a mulher é como uma loba.

    3. As únicas referências que encontrei na Internet dizem que esse é vietnamita.

    Outro que você pode citar é: "Em briga de marido e mulher, não se mete a colher". Diz para não interferir em brigas de casais.
    Fica claro. Obrigadíssima!
     

    Carfer

    Senior Member
    Portuguese - Portugal
    Não digo que não existam, mas nunca ouvi nenhum deles, mesmo em tempos bem mais machistas do que os actuais. Serão efectivamente provérbios?
     

    Carfer

    Senior Member
    Portuguese - Portugal
    Bem, hoje em dia andam por aí tantas invencionices e falsas citações que a dúvida é legítima e a prudência obrigatória. Não me surpreende que tais provérbios existam, como existem outros de igual jaez, mas estranho nunca os ter ouvido.
     

    pfaa09

    Senior Member
    Portugal - Portuguese
    estou a trabalhar com os provérbios portugueses ligados a mulher
    Posso perguntar o porquê destes provérbios tão "ofensivos" para a mulher?
    Suscita-me curiosidade este tipo de estudos. Terá a ver com a vossa cultura?
    Nota: Disse que são sobre a mulher e não que são depreciativos/desprezíveis sobre a mulher.
     

    Ari RT

    Senior Member
    Português - Brasil
    A palavra "preconceito" popularizou-se a um ponto tal que pouco atentamos para a existência de outras palavras que alcançariam de forma mais precisa o significado pretendido. Prefiro pensar que haja um arquétipo feminino. Injusto muitas vezes, certamente, e que poderíamos com pouco esforço chamar de um arquétipo preconceituoso. Esse arquétipo é que aparece nos ditos populares. Se trocarmos preconceito por arquétipo, abrimos a porta para ditos elogiosos, picarescos e um longo etc. O outro lado da moeda existe!

    O Instituto Cervantes mantém um sítio web muito interessante sobre ditos populares. Fica em CVC. Refranero Multilingüe. .
    A graça não é passear pelos ditos, mas ler as "fichas" de catalogação. Por elas se nota que muitos desses "refranes" são recorrentes em mais de uma cultura. E também há a explicação do significado para a maioria deles. Estão catalogados por assunto. O sítio está em Espanhol, mas os provérbios estão traduzidos para várias línguas. Melhor até, o sítio traz, nas outras línguas, qual o provérbio equivalente.
     
    < Previous | Next >
    Top