Quem quer passar além do Bojador

  • Vanda

    Moderesa de Beagá
    Português/ Brasil
    Bienvenido, Scorty, :)

    Bojador é o nome de um cabo na costa do Saara.

    A passagem do Cabo Bojador foi um dos marcos mais importantes da navegação portuguesa. Derrubou os velhos mitos medievais e abriu caminho para os grandes descobrimentos.
    La desaparición de muchos barcos europeos que navegaron por la zona había dado lugar a mitos como el de la existencia de monstruos marinos y el de la imposibilidad de pasar el cabo Bojador hacia el sur.
    Você pode ler o texto em espanhol aqui.
     

    scorty

    New Member
    español
    Has aclarado muy bien el significado y sentido de la expresión del gran Poeta Portugués Fernando Pessoa.
    Muchas gracias Wanda
     

    Ari RT

    Senior Member
    Português - Brasil
    A poesia de Fernando Pessoa ecoa fortemente o caráter nacional lusitano e a vocação marítima do seu povo. Esse poema em concreto fala do orgulho de ter o mar como “seu” domínio (para que fosses nosso, mar) e dos sacrifícios suportados pelo povo Português para alcançar esse objetivo (quanto do teu sal são lágrimas de Portugal!).

    O Cabo Bojador era tido como impossível de ultrapassar, um desafio paradigmático no campo da arte da navegação. Muitos navios e homens perderam-se nas tentativas de navegar para o sul a partir da costa oeste da África. Os portugueses conseguiram, no início do século XV. Para isso, Gil Eanes abandonou a enganosa segurança da cabotagem e arriscou-se no mar aberto, onde encontrou ventos que possibilitaram o controle de sua rota.

    Os versos querem dizer, portanto, que “quem quiser realizar grandes feitos deve estar preparado para pagar o preço”. Gil Eanes arriscou tudo. Valeu a pena? Sempre vale a pena, quando a empreitada é grandiosa (a alma não é pequena).

    Que entre um Português e complemente esta postagem, já que trata fundamentalmente da alma lusa.
     

    gato radioso

    Senior Member
    spanish-spain
    Se não estou errado, a frase é:

    "Quem passou além do Bojador,
    passou além da dor"

    E o que quer dizer é que se ultrapassares um certo ponto na tua vida ou se tiveres já muitas experiências nela, acabas por chegar ao ponto de não sentir mais o medo ou a dor que tivestes anteriormente, não é?
     

    Carfer

    Senior Member
    Portuguese - Portugal
    Se não estou errado, a frase é:

    "Quem passou além do Bojador,
    passou além da dor"

    E o que quer dizer é que se ultrapassares um certo ponto na tua vida ou se tiveres já muitas experiências nela, acabas por chegar ao ponto de não sentir mais o medo ou a dor que tivestes anteriormente, não é?
    A frase é, mais exactamente, 'Quem quer passar além do Bojador, tem que passar além da dor.' e, basicamente, tal como a entendo, significa que nada se faz sem sacrifício e sacrifício tanto maior quanto maior é a empresa.

    Que entre um Português e complemente esta postagem, já que trata fundamentalmente da alma lusa.
    Está tudo dito no seu post, Ari. A alma lusa, aliás, é um mito. Acrescentar ao mito uma história mitificada, que, em boa parte, serviu - e serve - de instrumento ideológico para justificar coisas pouco recomendáveis, também não é exercício a que me apeteça dedicar (e com isto não quero desmerecer em nada a história deste país, quero apenas dizer que abordá-la por essa via não é o melhor serviço que lhe podemos - e nos podemos - prestar).
     
    Last edited:

    gato radioso

    Senior Member
    spanish-spain
    A frase é, mais exactamente, 'Quem quer passar além do Bojador, tem que passar além da dor.' e, basicamente, tal como a entendo, significa que nada se faz sem sacrifício e sacrifício tanto maior quanto maior é a empresa.



    Está tudo dito no seu post, Ari. A alma lusa, aliás, é um mito. Acrescentar ao mito uma história mitificada, que, em boa parte, serviu - e serve - de instrumento ideológico para justificar coisas pouco recomendáveis, também não é exercício a que me apeteça dedicar (e com isto não quero desmerecer em nada a história deste país, quero apenas dizer que abordá-la por essa via não é o melhor serviço que lhe podemos - e nos podemos - prestar).
    Ahhh, então a frase original é diferente ao que eu creia, e assim é certo que muda o sentido.....
     
    < Previous | Next >
    Top