... segue a vida-busca a buscar a vida.

Papagena1

New Member
Italian
Olá, alguém pode me ajudar a traduzir essa frase, que faz parte do poema "Caminhada" de Victor Motta: http://cariucho.wordpress.com/page/3/

Cito o incipit:
ENTRE PALAVRAS,
MURMÚRIOS,
ENTRE SILÊNCIOS
E MENTIRAS…
ENTRE AMORES, DESILUSÕES
E IRAS…
SEGUE A VIDA-BUSCA
A BUSCAR A VIDA.

Muito obrigada, Manuela
 
  • XiaoRoel

    Senior Member
    galego, español
    O artifício poético (um audacioso jogo de alusões/ilusões) fala-nos de que a vida é procura sempre (vida-busca que lembra o espanhol coloquial buscavidas) que sempre anda a procurar vida, a sua e a de fora dele.
    O pensamento/sentimento que se está a remarcar é o da vida como procura incessante de si própria, no sujeito poético (interna) no mundo alem o eu (externa).
     

    Papagena1

    New Member
    Italian
    Olá XiaoRoel,
    muito obrigada pela sua excelente explicação.
    Infelizmente, na tradução italiana se perde o jogo de palavras... mas isso é o clássico problema da tradução de textos literários/poéticos.
    Desejo-lhe um bom final de semana,
    Manuela



    O artifício poético (um audacioso jogo de alusões/ilusões) fala-nos de que a vida é procura sempre (vida-busca que lembra o espanhol coloquial buscavidas) que sempre anda a procurar vida, a sua e a de fora dele.
    O pensamento/sentimento que se está a remarcar é o da vida como procura incessante de si própria, no sujeito poético (interna) no mundo alem o eu (externa).
     
    < Previous | Next >
    Top