ter ou haver?

< Previous | Next >

vjrodrigues65

Member
Portuguese
Olá,

Na tradução da frase:

"Aquiles podia ter sentido a mesma frustração"


qual das opções de tradução (se é que alguma) será a mais correcta:


1 - Aquiles podía haber sentido la misma frustración;
2 - Aquiles podía tener sentido la misma frustración?


Obrigado
(e as minhas maiores desculpas para o Mangato, pois chemei-lhe errada e estupidamente Manguito)
 
  • Olá,

    Na tradução da frase:

    "Aquiles podia ter sentido a mesma frustração"


    qual das opções de tradução (se é que alguma) será a mais correcta:


    1 - Aquiles podía haber sentido la misma frustración;
    2 - Aquiles podía tener sentido la misma frustración?


    Obrigado
    (e as minhas maiores desculpas para o Mangato, pois chemei-lhe errada e estupidamente Manguito)

    A segunda, em espanhol só se usa tener no sentido de possuir algo, nunca no sentido de existir nem na formação dos tempos compostos.

    Abçs:)
     
    Last edited:

    Giorgio Lontano

    Senior Member
    Guatemala - Español
    Olá de novo VJ

    Em Espanhol o verbo “haber” é o único que se usa como verbo auxiliar nesses casos. Então, só a primeira opção é correta:


    Aquiles podía haber sentido la misma frustración.

    Parênteses: Achei engraçado o de “Manguito”, até porque o nosso amigo felino é “Man-gato”, mas um lusófono bem pode ler “Manga-to”, e já em Espanhol e com carinho: “Manguito”. :D Um abraço para você meu caro Gato de Botas. ;)

    Cumprimentos.
     

    KHALIFAH

    Senior Member
    "Spanish - Colombia"
    É verdade. Ainda que em Portugués do Brasil se utilize ter por haver, o significado em Espanhol de ter será sempre "tener", no sentido de possuir.
     
    É verdade. Ainda que em Portugués do Brasil se utilize ter por haver, o significado em Espanhol de ter será sempre "tener", no sentido de possuir.
    Se bem que o correto seria utilizar o verbo haver nos tempos compostos pois assim manda a Língua Portuguesa, mas nunca ouvi ninguém falar assim. Todo mundo diz:

    Eu tinha falado com ela. no lugar de Eu havia falado com ela.

    Abçs:)
     
    Last edited:

    KHALIFAH

    Senior Member
    "Spanish - Colombia"
    Obrigado. Vou exprimir a idéia assim: Para traduzir "Eu tinha falado com ela" em Espanhol existe uma maneira só: "Yo habia hablado con ella". Agora, não quero dizer exatamente que o fato de Vocês no Brasil falarem em "ter" por "haver" seja incorreto e que deve-se seguir a norma do Português clássico, de jeito nenhum!!........creio que terei de rever as minhas lições de Português por que não vou contrariar Você:--) Seja como for, são bemvindas as correções.
     
    Obrigado. Vou exprimir a idéia assim: Para traduzir "Eu tinha falado com ela" em Espanhol existe uma maneira só: "Yo habia hablado con ella". Agora, não quero dizer exatamente que o fato de Vocês no Brasil falarem em "ter" por "haver" seja incorreto e que deve-se seguir a norma do Português clássico, de jeito nenhum!!........creio que terei de rever as minhas lições de Português por que não vou contrariar Você:--) Seja como for, são bemvindas as correções.
    Ups:eek:, no te estoy corrigiendo, estoy agregando información. Como dije lo correcto sería.... pero no hablamos como debería ser. No hace falta revisar tus clases de Portugués.;)

    Abçs:)
     

    vjrodrigues65

    Member
    Portuguese
    E no caso da frase seguinte, como é que será em ES:

    " Não tem perdão quem matou" ?

    Será errado escrever-se "No tiene perdón quien mató?"

    Obrigado!
     

    KHALIFAH

    Senior Member
    "Spanish - Colombia"
    Valeu:--) esta discussão é mesmo engraçada, mas acho que até deve ser comum entre lingüistas porque o fundo da questão é complicado.
     

    SãoEnrique

    Banned
    French France
    Olá a todos,

    Gostaria de saber quando se usa esta forma de "haver" em Português. Desde quando em Português vocês usam "ter" para conjugar os verbos.

    Quê eu haja, tu hajas ,ele/ele haja, nós hajamos, vós hajais, eles/elas hajam.(Conjuntivo/Subjuntivo presente)

    Vocês puderem me dar alguns exemplos.:eek:

    Obrigado a todos/as pelas respostas.
     

    will.espmx

    Senior Member
    Portugués, Brasil
    Olá,

    Na tradução da frase:

    "Aquiles podia ter sentido a mesma frustração"


    qual das opções de tradução (se é que alguma) será a mais correcta:


    1 - Aquiles podía haber sentido la misma frustración;:tick:
    2 - Aquiles podía tener sentido la misma frustración?:cross:


    Obrigado
    (e as minhas maiores desculpas para o Mangato, pois chemei-lhe errada e estupidamente Manguito)
    A diferencia del portugués que utiliza el verbo "ter", en español se utiliza el verbo "haber" en tiempos compuestos.
     

    SãoEnrique

    Banned
    French France
    Olá a todos,

    Gostaria de saber quando se usa esta forma de "haver" em Português. Desde quando em Português vocês usam "ter" para conjugar os verbos.

    Quê eu haja, tu hajas ,ele/ele haja, nós hajamos, vós hajais, eles/elas hajam.(Conjuntivo/Subjuntivo presente)

    Vocês puderem me dar alguns exemplos.:eek:

    Obrigado a todos/as pelas respostas.
    Eu sei quê em Espanhol se usa "haber" mas eu gostaria de saber a quê serve "que eu haja, que tu hajas..." , sabendo quê em português usamos "ter" para conjugar os verbos.
     

    Carfer

    Senior Member
    Portuguese - Portugal
    Eu sei quê em Espanhol se usa "haber" mas eu gostaria de saber a quê serve "que eu haja, que tu hajas..." , sabendo quê em português usamos "ter" para conjugar os verbos.
    Sim, mas a substituição por 'ter' como auxiliar dos tempos compostos não é absoluta. Há muitos casos em que podemos usar 'haver' como auxiliar, se bem que esse uso dê à linguagem um colorido passadista (e, em todo o caso, é um uso minoritário. Ex: 'Tinha percorrido toda a cidade e não o havia encontrado'). Além do mais, isso não quer dizer que 'haver' não continue a ter outros usos. 'Haver' pode ser usado no sentido de 'existir', por exemplo, e aí não é habitualmente substituível por 'ter', no português de Portugal ('Havia um buraco na estrada e despistou-se'). Aparece em expressões como 'há muito tempo que', 'houve tempos em que...'. Usa-se noutras expressões que vêm do português clássico mas que ainda subsistem, como 'haver por bem (decidir, fazer, etc)'. Por vezes é sinónimo de 'dar-se', 'sair-se', como em 'Houve-se mal com a experiência', ou de 'enfrentar', como em 'Terás de te haver com ele'. Reportando-me ao tempo que cita, expressões fixas com 'haja', por exemplo, 'Haja saúde!', 'Haja Deus', 'Haja luz!', 'F...., que Deus haja' (referindo-se a alguém que já morreu). Não tem nada de anormal uma frase como 'Se bem que não haja notícia de incidentes, os responsáveis estão preocupados'. 'Haver' não é nenhum verbo morto nem moribundo. Poderia ficar horas a enumerar-lhe exemplos, embora julgue que não haja necessidade disso:)
     

    Istriano

    Senior Member
    Croatian
    Se bem que o correto seria utilizar o verbo haver nos tempos compostos pois assim manda a Língua Portuguesa, mas nunca ouvi ninguém falar assim. Todo mundo diz:

    Eu tinha falado com ela. no lugar de Eu havia falado com ela.

    Abçs:)
    Sei não. Muita gente fala Eu já havia falado/visto/pago... até eu.
    O verbo haver é usado só no Mais-Que-Perfeito, e não com outros tempos compostos, sendo raríssimas formas como hei dito...
     

    SãoEnrique

    Banned
    French France
    Olá,


    Obrigado a todos pelas respostas e exemplos quê vocês deram.Agora entendi uma boa parte disso.


    Adeus e abraços.
     

    Ipanema*

    Senior Member
    Spanish and Portuguese
    Poderia então dizer....:

    Se eu tivesse tido mais tempo eu teria feito outra coisa.....?

    Esta outra frase me soua muito mal: Se eu houvesse tido mais tempo eu havria feito outra coisa. Sería esta ultima frase mais correta mesmo que nao se use tanto?

    Porque em Espanhol sería: Si yo hubiese tenido más tiempo, habría hecho otra cosa.

    Muito obrigada!
     

    Istriano

    Senior Member
    Croatian
    Se eu tivesse mais tempo eu teria feito outra coisa..... é mais comum

    com uns verbos ''modais'' (ter, saber, poder) é mais comum assim: Se eu soubesse, teria comprado outra coisa...

    Com os demais: Se eu tivesse feito isso de outra maneira, não teria acontecido tamanha tragédia.
     
    Last edited:

    Ignacio_arg

    Senior Member
    Español /Rioplatense/
    Oi gente

    Tenho uma grande dúvida com Ter e Haver

    Eu sei que posso usar os dos para os tempos compostos

    Ele tinha dito, tinha feito (mais usado)
    Ela havia dito, havia feito (menos usado)

    Mas não posso usar ter com sentido de haver em outras situações?

    Não tinha ninguém
    Teve uma vez

    O meu professor disse que nesses casos é melhor escrever haver

    Não havia ninguém
    Houve uma vez

    Isso é mais parecido com o espanhol mas acho que nunca ouvi ninguém falar assim

    Obrigado pela ajuda.
     

    Carfer

    Senior Member
    Portuguese - Portugal
    O meu professor disse que nesses casos é melhor escrever haver

    Não havia ninguém
    Houve uma vez

    Isso é mais parecido com o espanhol mas acho que nunca ouvi ninguém falar assim

    Obrigado pela ajuda.
    O seu professor é português? Essa é a forma de dizer habitual em Portugal. Nós, de facto, não usamos 'ter' nesses dois casos, mas sim 'haver'.
     

    Alentugano

    Senior Member
    Português - Portugal
    No lugar onde vivo, o mais comum seria, na linguagem do dia a dia, Estava uma pedra no meio do caminho/No meio do caminho estava uma pedra. Portanto, nem tinha, nem havia. :)
     
    Last edited:

    Alentugano

    Senior Member
    Português - Portugal
    Curiosamente, essa é uma frase em que em Portugal também poderíamos usar, com bastante probabilidade, o 'ter'.
    Eu diria, baseado na minha percepção, que, nesta situação, nem o ter nem o haver são muito usados na linguagem coloquial informal. Mas o verbo estar, sim, penso que é mais comum num registo descontraído.
     

    Carfer

    Senior Member
    Portuguese - Portugal
    Eu diria, baseado na minha percepção, que, nesta situação, nem o ter nem o haver são muito usados na linguagem coloquial informal. Mas o verbo estar, sim, penso que é mais comum num registo descontraído.
    Também não disse que fosse o mais comum, mas não rejeitaria nem 'ter' nem 'haver'. A mim, podia sair-me qualquer dos três.
     

    Alentugano

    Senior Member
    Português - Portugal
    Também não disse que fosse o mais comum, mas não rejeitaria nem 'ter' nem 'haver'. A mim, podia sair-me qualquer dos três.
    Bom, eu só disse aquilo que julgo ouvir mais vezes, no lugares onde me movo, mas também não rejeitei nenhuma das hipóteses :)
    É curioso que, quando usamos o ter, há sempre um sujeito subentendido. Isto é, o verbo ter que, de facto, pode ser entendido como existir ou haver, na realidade, possui mesmo o sentido de ter: (Eu) cheguei lá e tinha uma pedra no meio do caminho.
    No restaurante/snack bar: Por favor, (a/o senhora/senhor) Tem sopa?
    É engraçado, pois esta última situação já se passou comigo várias vezes, quando no estabelecimento trabalha uma empregado/a de mesa de nacionalidade brasileira: quando eu pergunto Tem isto/aquilo?, eles respondem sempre Tem/Não tem, em vez de Tenho/Não tenho, que seria o mais comum em Portugal.
     
    Last edited:

    Ignacio_arg

    Senior Member
    Español /Rioplatense/
    quando no estabelecimento trabalha uma empregado/a de mesa de nacionalidade brasileira: quando eu pergunto Tem isto/aquilo?, eles respondem sempre Tem/Não tem, em vez de Tenho/Não tenho, que seria o mais comum em Portugal.
    Em Portugal "tem" não é sinônimo de "há" como no Brasil?
     

    Istriano

    Senior Member
    Croatian
    É possível usar você impessoal, mas não se usa em perguntas :)

    Tem muitas praias bonitas no Rio. / Você tem muitas praias bonitas no Rio.
     

    anaczz

    Senior Member
    Português (Brasil)
    A diferença a que o Carfer se refere é que no Brasil essas frases têm sujeito indeterminado e em Portugal não:

    Em Portugal:
    - (vocês/você/tu) Têm/Tem/Tens guaraná?
    - (Nós/eu) Temos/Tenho.

    No Brasil:
    - Tem guaraná?
    - Tem.
    (eventualmente alguém pode responder "temos", mas o mais normal é "tem".
     
    Last edited:

    Alentugano

    Senior Member
    Português - Portugal
    A diferença a que o Carfer se refere é que no Brasil essas frases têm sujeito indeterminado e em Portugal não:

    Em Portugal:
    - (vocês/você/tu) Têm/Tem/Tens guaraná?
    - (Nós/eu) Temos/Tenho.

    No Brasil:
    - Tem guaraná?
    - Tem.
    (eventualmente alguém pode responder "temos", mas o mais normal é "tem".
    É isso mesmo.
     

    pelus

    Senior Member
    Castellano (Argentina)
    Também eu, não entendo.

    Os Mestres tem que dar exemplos, assim nós mais entenderemos.
    ............
    CITA:
    Em Portugal:
    - (vocês/você/tu) Têm/Tem/Tens guaraná?
    - (Nós/eu) Temos/Tenho
    .

    No Brasil:
    - Tem guaraná?
    - Tem.

    .........

    Traduzco lo hablado en Brasil:
    -Tiene guaraná?
    -Tiene.


    ¿Esa sería la respuesta, y no "Tengo"?
    ...................
    ter-haver é mesmo o meu grande "intríngulis".

    María del Carmen (Pelus)
    Agradece cualquier corrección que se haga sobre sus escritos en lengua portuguesa.
     
    Last edited:

    Ignacio_arg

    Senior Member
    Español /Rioplatense/
    ¿
    Também eu, não entendo.

    Os Mestres tem que dar exemplos, assim nós mais entenderemos.
    ............
    CITA:
    Em Portugal:
    - (vocês/você/tu) Têm/Tem/Tens guaraná?
    - (Nós/eu) Temos/Tenho
    .

    No Brasil:
    - Tem guaraná?
    - Tem.

    .........

    Traduzco lo hablado en Brasil:
    -Tiene guaraná?
    -Tiene.


    ¿Esa sería la respuesta, y no "Tengo"?
    ...................
    ter-haver é mesmo o meu grande "intríngulis".

    María del Carmen (Pelus)
    Agradece cualquier corrección que se haga sobre sus escritos en lengua portuguesa.
    En Portugal "tem guaraná?" sería en español "¿/Usted/ tiene guaraná?"

    Y en Brasil "Tem guaraná?" sería en español "¿hay guaraná?"

    En Brasil usan muchas veces el verbor "ter" con sentido de "haver" pero en Portugal no

    Brasil: Não tem ninguém na rua
    Portugal: Não ninguém na rua

    Creo que es eso.
     
    Last edited:

    pelus

    Senior Member
    Castellano (Argentina)
    ¿
    En Portugal "tem guaraná?" sería en español "¿/Usted/ tiene guaraná?"

    Y en Brasil "Tem guaraná?" sería en español "¿hay guaraná?"

    Creo que es eso.
    Entonces:

    - Tem guaraná?
    - Tem.


    -Tiene guaraná?
    -Tiene.


    Sería :
    -Hay guaraná?
    -Hay.

    María del Carmen (Pelus)
    Agradece cualquier corrección que se haga sobre sus escritos en lengua portuguesa.
     

    okporip

    Senior Member
    Brasil, português
    Entonces:

    - Tem guaraná?
    - Tem.


    -Tiene guaraná?
    -Tiene.


    Sería :
    -Hay guaraná?
    -Hay.

    María del Carmen (Pelus)
    Agradece cualquier corrección que se haga sobre sus escritos en lengua portuguesa.
    Exatamente, Pelus. No Brasil, a pergunta "Tem guaraná?" tende a ser entendida como "Hay guaraná?" (verbo "ter" com o sentido de existência). Se alguém, por acaso, quisesse formular a mesma pergunta utilizando o verbo "ter" no sentido de posse, o mais natural é que colocasse algo antes do verbo: "O senhor (a senhora/ você) tem guaraná?".
     

    Vichinho

    Member
    Español
    Oi gente
    Tenho uma dúvida, li tudo o forúm mas que passaria se há 2 "Haber" na oração? como seria em português?

    No había habido calor hasta hoy día
     
    < Previous | Next >
    Top