To give someone a piece of one's mind

Bazao

Member
Portuguese
Olá a todos!

Estou encontrando dificuldades em traduzir essa expressão para o Português no seguinte contexto:

"But an elderly woman gave him a piece of her mind, grabbing a nearby price scanner and beating him with it until he fled from the store."

Talvez, "deu uma lição nele" poderia se adequar aqui? O que acham?
 
  • danjr

    Senior Member
    US English
    A frase tem o sentido de 'desabafar'. Eis minha tentativa, provávelmente será errada..

    Mas uma mulher idosa desabafou, pegando um leitor de códigos de barras e dando porrada nele até que ele fugiu da loja.
     
    Last edited:

    fexga

    Member
    portuguese
    Olá, eu achei a seguinte definição:
    1) to criticize or censure (someone) frankly or vehemently
    2) give someone a piece of one's mind, Informal. to rebuke, reprimand, or scold sharply:

    Pensei em repreender. Ou, mais informal, "não deixou por menos".

    Essas expressões que a gente sabe o que é, mas não consegue falar em português são difíceis mesmo.
     

    Bazao

    Member
    Portuguese
    Obrigado gente!

    danjr e fexga, gostei mesmo de suas sugestões. Acredito que no meu contexto, como é um relato mais informal, vou usar "não deixou por menos", acho que se encaixa melhor.
     

    Carfer

    Senior Member
    Portuguese - Portugal
    Acho que a expressão corrente, pelo menos em Portugal, para 'give someone a piece of one's mind' é 'dizer o que (se está a) pensar': 'Uma senhora idosa disse-lhe o que pensava, pegando ...'. 'Pensar' aqui tem o sentido de fazer um juízo moral negativo.
     

    Bazao

    Member
    Portuguese
    Interessante Carfer.

    Porém, no meu contexto, a mulher idosa não se comunica diretamente com o agressor, digo, ela apenas bate nele com o leitor de código de barras e não estabelece nenhuma conversa com ele.

    Por isso não sei se "ela lhe disse o que pensava" se adequaria nessa situação, entretanto, obrigado pela sua sugestão.
     

    Carfer

    Senior Member
    Portuguese - Portugal
    Interessante Carfer.

    Porém, no meu contexto, a mulher idosa não se comunica diretamente com o agressor, digo, ela apenas bate nele com o leitor de código de barras e não estabelece nenhuma conversa com ele.

    Por isso não sei se "ela lhe disse o que pensava" se adequaria nessa situação, entretanto, obrigado pela sua sugestão.
    Tal como usamos a expressão, o 'dizer' não tem de ser entendido literalmente, Bazao. Pode consistir noutra manifestação qualquer do desagrado da pessoa, como aconteceu neste caso quando a senhora pegou no leitor de código de barras e agrediu o homem.
     
    < Previous | Next >
    Top