Vogal epentética no português brasileiro

< Previous | Next >

Alecm

Member
Português - Brasil
Uma característica da pronúncia do português brasileiro é o acréscimo de um "i" depois de consoantes mudas

Assim palavras como "advogado" não pronunciadas como "adivogado".

A minha pergunta é: esse fenômeno é relativamente recente?
 
  • Guigo

    Senior Member
    Português (Brasil)
    Depende de quão recente, @Alecm .

    Em 1931, Noel Rosa gravou "Picilone", onde já inseria a tal vogal epentética no Y (ípsilon).
    "Já reparei outro dia
    Que o teu nome, ó Yvone
    Na nova ortografia
    Já perdeu o picilone
    Yvone (Yvone)
    Yvone (Yvone)
    Eu ando roxo
    Pra te dizer um picilone."
     

    guihenning

    Senior Member
    Português do Brasil
    A minha pergunta é: esse fenômeno é relativamente recente?
    Depende do que se considera recente. Já desde o início do século XX notam-se vogais epentéticas em vários ambientes fonéticos que quase nunca ocorrem uniformemente e dependem da região, etc. Analisando textos mais antigos já se notavam alguns desvios na grafia que apontavam para a epêntese no Brasil.

    Só me permita fazer uma correção: não há consoantes mudas no português do Brasil e desde o Acordo também não mais no português europeu. Consoantes mudas são consoantes que se escreviam e não se articulavam. O "d" de "advogado" não é nem nunca foi mudo, pelo que sempre se proferiu e é assim que a ortoépia brasileira e a portuguesa preconizam que se faça. Por "consoantes mudas" talvez o que tenha querido dizer sejam grupos consonantais trazidos ao português por vira erudita ou por intermédio de outras línguas.
     

    verdas gong

    Member
    Hindi and Nynorsk
    Explique isso para as pessoas que escrevem 'rapitada'. o_O
    O que você queria dizer é que aconteceu uma neutralização de pt e pit:
    Ela foi rapitada na cap'tal.
     

    gato radioso

    Senior Member
    spanish-spain
    Desculpem, mas acham que isso aconteça também no português africano?
    Não sou nativo e os meus ouvidos podem enganar-me, mas lembro ter ouvido uma pessoa que era de lá dizer algo que para mim soou como "ritimo", sendo a palavra standard "ritmo".
     
    < Previous | Next >
    Top