Willing participants

Laelia Purpurata

Senior Member
portuguese
Olá!

O que seria, em português, o "willing participants" no contexto da frase abaixo?
Agradeço.

"The DA accused us of being
willing participants, but...)

:)
 
  • englishmania

    Senior Member
    Português Europeu
    Talvez...

    de termos participado voluntariamente
    de termos participado de livre vontade
    de termos tido uma participação voluntária e consciente
    de sermos/termos sido intervenientes voluntários

    :confused: Não sei se é preciso empregar termos jurídicos (nos quais não sou especialista) ou se é apenas uma conversa.
     
    Last edited:

    Laelia Purpurata

    Senior Member
    portuguese
    Talvez...

    de termos participado voluntariamente
    de termos participado de livre vontade
    de termos tido uma participação voluntária e consciente
    de sermos/termos sido intervenientes voluntários


    Não se se é preciso empregar termos jurídicos (nos quais não sou especialista) ou se é apenas uma conversa.
    Obrigada, sim, precisaria de um termo jurídico, em espanhol vi "partícipes necesarios",mas fiquei na mesma :)
     

    Carfer

    Senior Member
    Portuguese - Portugal
    Desconhecendo os pormenores, do ponto de vista jurídico 'cúmplices' poderá não ser muito exacto. Do ponto de vista da linguagem comum, sim, é essa a ideia. O conceito tem vindo progressivamente a ser abandonado, quer nos ordenamentos da common law, quer nos romano-germânicos (não vou entrar em pormenores desnecessários, mas se quiserem ir um pouco mais fundo, procurem na net artigos sobre "autoria e participação" em direito penal). Assim, talvez não seja por acaso que não se fala de 'accomplice' ou 'abettor /aiding and abetting'. Em todo o caso, não temos elementos suficientes para uma tradução precisa, nem talvez sejam necessários, porque o essencial é dar a nota da voluntariedade da conduta do participante no crime que o jazyk sugeriu (voluntariedade no sentido de que que a participação não foi coagida). Há outra nota, para além da voluntariedade, que no nosso sistema é essencial, que é a participação consciente. 'Willingly' não dá essa nota, mas julgo que está implícita. Assim sendo, optaria pela terceira alternativa da englishmania, que está bem, e, se quiser aproximá-la ainda mais do jargão jurídico, poderá reformulá-la para 'o Ministério Público acusou-nos de termos sido participantes livres e conscientes'.

    P.S. O 'particípe necesario' é aquele sem cuja cooperação não seria possível concretizar o delito. Ou seja, não é aquele que realiza directa e pessoalmente o delito (não é quem aperta o gatilho, digamos assim), mas alguém que coopera com esse outro, o autor material, e sem cuja cooperação teria sido impossível cometer o crime.
     
    Last edited:
    < Previous | Next >
    Top